Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48873
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorQuiles, Marcos Goncalves Quiles [UNIFESP]pt
dc.contributor.authorSeron, Wilson Francisco Moreira de Souza [UNIFESP]
dc.date.accessioned2018-07-30T11:53:41Z-
dc.date.available2018-07-30T11:53:41Z-
dc.date.issued2015-02-24
dc.identifierhttps://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2109416pt
dc.identifier.citationSERON, Wilson Francisco Moreira de Souza. Análise de redes sociais um estudo do twitter. 2015. 120 f. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Ciência e Tecnologia, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São José dos Campos, 2015.
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48873-
dc.description.abstractUntil recently the study of communities of individuals, as well as their preferences and tendencies was quite restricted to small groups, since the interpersonal relationships were not easily visible. With the advent of the Internet and the astronomical growth of social networking sites, a new structural form of representing the relationships among individuals has emerged. Although these relationships now exist in concrete form, the structures formed by these sites are complex and difficult to understand, therefore, they encompass a variety of relationships and interactions among individuals and also require self-organization and dynamics. Although these relationships are complex, they may be represented by abstract structure, such as a complex network. In this context, this paper has the main objective to present a general study of complex networks and social network analysis, as a case study, presents a Twitter network analysis, shows extracted metrics of the network and detects existing communities.en
dc.description.abstractAté pouco tempo o estudo de comunidades de indivíduos, bem como suas preferências e tendências era bastante restrito a pequenos grupos, uma vez que as relações interpessoais não eram facilmente visíveis. Com o advento da Internet e o crescimento astronômico dos sítios eletrônicos (sites) de redes sociais, surgiu uma nova forma estrutural de representar as relações entre os indivíduos, apesar de agora essas relações existirem de forma concreta, as estruturas formadas por esses sites são complexas e difíceis de serem compreendidas, pois englobam diversas relações e interações entre os indivíduos, auto-organização e dinamicidade. Apesar dessas relações serem complexas, elas podem ser representadas por estrutura abstrata, como por exemplo, uma rede complexa. Nesse contexto, essa dissertação tem como principal objetivo apresentar um estudo geral sobre redes complexas e análise de redes sociais, como estudo de caso, apresenta uma análise da rede do Twitter, extraindo métricas da rede e detectando comunidades existentes.pt
dc.format.extent120 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectredes complexaspt
dc.subjectredes sociaispt
dc.subjectdetecção de comunidadespt
dc.subjectsites de redes sociaispt
dc.subjecttwitterpt
dc.titleAnálise de redes sociais um estudo do twitterpt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)pt
dc.identifier.file2015-0059.pdf
dc.description.sourceDados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2013 a 2016)-
unifesp.campusSão José dos Campos, Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT)pt
unifesp.graduateProgramCiência da Computaçãopt
unifesp.knowledgeAreaCiências exatas e da terrapt
unifesp.researchAreaCiência da computaçãopt
Appears in Collections:Dissertação de mestrado

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.