O CAPS como espaço potencial: diálogos com a teoria winnicottiana

O CAPS como espaço potencial: diálogos com a teoria winnicottiana

Author Santos, André Brazão dos Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Casetto, Sidnei José Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract Apoiada no movimento de redemocratização e da Reforma Sanitária, a Reforma Psiquiátrica realizou uma profunda crítica ao paradigma psiquiátrico praticado no país. Com apoio de setores da sociedade brasileira, o movimento reformista se expandiu por meio do Movimento da Luta Antimanicomial, unindo profissionais e a comunidade na luta pela desinstitucionalização da loucura, derrubando as grades e reinserindo esses sujeitos na sociedade. À luz destes movimentos, constituiu-se o modelo antimanicomial e inclusivo praticado hoje no Sistema Único de Saúde (SUS), que dentro de serviços substitutivos, como o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), estabeleceram um território de promoção de Saúde Mental. Por seus objetivos e funções, vimos a possibilidade de relacionar o CAPS com o conceito de espaço potencial criado pelo psicanalista Donald Woods Winnicott, definido como uma área intermediária entre a realidade psíquica interna e a realidade compartilhada, na qual se pode ser criativo, ao invés de somente adaptado a ela. Neste trabalho, procuramos investigar se o funcionamento do CAPS, um dos pontos de atenção estratégicos da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) e serviço fundamental da política de Saúde Mental no SUS, possui características de um espaço potencial no sentido winnicottiano. A pesquisa adotou uma abordagem qualitativa e se caracterizou por ser uma pesquisa em psicanálise, trabalhando com dados secundários, isto é, produzidos por outras pesquisas. Foram selecionados 14 trabalhos incluindo dissertações de mestrado, teses de doutorado e artigos científicos publicados em bibliotecas virtuais da saúde reconhecidas e nos acervos de universidades públicas renomadas, nos últimos dez anos, para buscar uma aproximação com a atualidade do serviço. Quanto à análise dos dados, procuramos detectar a presença de indicadores do espaço potencial, como o holding, o handling e a apresentação de objetos, em atividades ou aspectos do funcionamento do CAPS tais como o acolhimento, o dispositivo Técnico de Referência, a provisão ambiental e o suporte institucional. Ao final desta pesquisa, concluiu-se que há diversas dimensões ou aspectos do funcionamento do CAPS que mostram-se condizentes com o conceito de espaço potencial e outras/os que se afastam dele, sendo relevante discernir esta diferença.

Supported by the movement for redemocratization and health reform, the Psychiatric Reform considered a critical criticism of the psychiatric paradigm practiced in the country. With support from sectors of Brazilian society, the reform movement expanded through the Anti-Asylum Fight Movement, uniting professionals and the community in the struggle to deinstitutionalize madness, dropping it as notes and reinserting these subjects in society. In the light of these movements, the anti-asylum and inclusive model practiced today in the Unified Health System (SUS) was created, which within substitute services, such as the Psychosocial Care Center (CAPS), established a territory for the promotion of Mental Health. For its objectives and functions, we saw the possibility of relating the CAPS with the concept of potential space created by the psychoanalyst Donald Woods Winnicott, defined as an intermediate area between the internal psychic reality and the shared reality, in which one can be creative, as a whole only adapted to it. In this work, we seek to investigate whether the functioning of CAPS, one of the strategic attention points of the Psychosocial Care Network (RAPS) and a fundamental service of the Mental Health policy in SUS, has characteristics of a potential space in the Winnicottian sense. A research adopted a qualitative approach and was characterized by being a research in psychoanalysis, working with secondary data, that is, looking for other research. 14 works were selected, including master's dissertations, doctoral theses and scientific articles published in recognized virtual health libraries and in the collections of renowned public universities, in the last ten years, to seek an approximation with the current service. As for data analysis, we seek to detect the presence of potential space indicators, such as the holding, manipulation and presentation of objects, in activities or aspects of the CAPS functioning such as reception, technical reference device, environmental provision and institutional support. At the end of this research, it is fantasized that there are several dimensions or aspects of the functioning of the CAPS that are consistent with the concept of potential space and others / those that depart from it, and it is relevant to discern this difference
Keywords Espaço potencial
CAPS
Winnicott
Saúde Mental
Diálogo aberto
Potential space
CAPS
Winnicott
Mental Health
Open dialogue
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage Santos
Language Portuguese
Date 2021-02-23
Published in SANTOS, André Brazão dos. O CAPS como espaço potencial: diálogos com a teoria winnicottiana. 2021. 89 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Psicologia) - Instituto Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2021.
Knowledge area Outra
Publisher Universidade Federal de São Paulo
Extent 89 f.
Access rights Open access Open Access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/60226

Show full item record




File

Name: TCC_FINAL_REPOSITORIO.pdf
Size: 763.6Kb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account