Níveis de estresse, perfil de humor, sono e atividade física em estudantes universitários

Níveis de estresse, perfil de humor, sono e atividade física em estudantes universitários

Author Marques, Maria Julia Azevedo Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Antunes, Hanna Karen Moreira Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract O sedentarismo está implicado com uma série de efeitos deletérios que podem impactar tanto a esfera física quanto psicológica. Em estudantes universitários, este impacto pode prejudicar tanto o desempenho acadêmico quanto a saúde. Neste sentido, investigar estes parâmetros é desejável. O objetivo deste estudo consistiu em analisar os níveis de estresse, perfil de humor, sono e atividade física em uma amostra de estudantes do curso de Educação Física da Universidade Federal de São Paulo – Campus Baixada Santista. Foram recrutados 38 voluntários, regularmente matriculados no curso de graduação, de ambos os sexos. Os universitários foram submetidos a uma bateria de questionários que contemplaram os aspectos psicobiológicos relacionados ao estresse, humor e sono, além de instrumento que avaliou o nível de atividade física. Os dados foram analisados aplicando o teste Shapiro Wilks para determinação da curva de normalidade e o teste de ANOVA One-Way para verificar a homogeneidade das variâncias estatísticas com Tukey Test como post hoce nível de significância de p<0,05. O estudo foi aprovado pelo Comitê de ética da Unifesp (#2.693.519). Os resultados revelaram que 36,84% da amostra apresenta risco para sobrepeso, obesidade e apneia do sono, 34,21% risco de desenvolver doenças cardiovasculares, 26,31% dos voluntários foram classificados com ansiedade moderada, severa e extremamente severa, 18,42% depressão moderada, severa e extremamente severa e 44,74% tiveram a classificação de estresse de moderada, severa e extremamente severa. Além disso, 89,47% da amostra foi classificada com estresse, 65,79% da amostra foi classificada como possuindo sono alterado em algum grau, 60,53% foi considerada com sonolência e os dados relacionados ao JetLag Social apresentaram diferenças significativas. Apesar disso, 97,36% da amostra apresentar-se minimamente ou suficientemente ativa, o que sugere um ponto de alerta. A partir dos resultados podemos concluir que os estudantes universitários do curso de Educação Física da UNIFESP-BS são fisicamente ativos, porém possuem níveis de estresse elevados, os níveis encontrados de perfis de estado de humor altos e porcentagens elevadas de indivíduos com sono alterado e sonolência diurna excessiva.

Physical inactivity is implicated with a number of deleterious effects that can impact both the physical and psychological spheres. In college students, this impact can undermine both academic performance and health. In this sense, investigating these parameters is desirable. The aim of this study was to analyze the levels of stress, mood profile, sleep and physical activity in a sample of Physical Education students at the Federal University of São Paulo - Baixada Santista Campus. There were 38 volunteers recruited, regularly enrolled in the undergraduate course, of both sexes. The students were submitted to a battery of questionnaires that contemplated the psychobiological aspects related to stress, mood and sleep, as well as an instrument that evaluated the level of physical activity. The data were analyzed by applying the Shapiro Wilks test to determine the normality curve and the One-Way ANOVA test to verify the homogeneity of the statistical variances with Tukey Test as post hoce level of p <0.05. The results revealed that 36.84% of the sample has risk for overweight, obesity and sleep apnea, 34.21% risk of developing cardiovascular disease, 26.31% of the volunteers were classified as moderate, severe and extremely severe anxiety, 18, 42% moderate, severe and extremely severe depression and 44.74% had the classification of stress as moderate, severe and extremely severe. In addition, 89.47% of the sample was classified with stress, 65.79% of the sample was classified as having some degree of altered sleep, 60.53% was considered sleepy and the data related to Social JetLag showed significant differences. Nevertheless, 97.36% of the sample was minimally or sufficiently active, suggesting a warning point. From the results we can conclude that the university students of the Physical Education course at UNIFESP-BS are physically active but have high stress levels, found levels of high mood state profiles and high percentages of individuals with altered sleep and excessive daytime sleepiness.
Keywords Exercício Físico
Humor
Estresse
Sono
Universitários
Stress
Exercise
Humor
Sleep
College students
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage Santos - SP
Language Portuguese
Date 2019-11-29
Published in MARQUES, Maria Julia Azevedo. Níveis de estresse, perfil de humor, sono e atividade física em estudantes universitários. 2019. 45f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Educação Física) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2019.
Publisher Universidade Federal de São Paulo
Extent 45 f.
Access rights Closed access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/60201

Show full item record




File

Name: TCC_FINAL_MJA_MARQUES Versao Final.pdf
Size: 2.336Mb
Format: PDF
Description: TCC Final
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account