Impacto do tratamento oncológico na aceitação alimentar e no estado nutricional de pacientes com Osteossarcoma e suas eventuais complicações

Impacto do tratamento oncológico na aceitação alimentar e no estado nutricional de pacientes com Osteossarcoma e suas eventuais complicações

Author Oliveira, Susiane Gusi Boin E Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Oliveira, Fernanda Luisa Ceragioli Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Nutrição
Abstract Introduction: Osteosarcoma is the most frequent bone tumor in children, adolescents and young adults. Its treatment consists of high dose chemotherapy (HD-QT) and surgical procedure. The most commonly used HD-QT can lead to complications such as hematological, infectious, gastrintestinal, renal, hepatic and cardiac failure. Studies indicate nutritional status changes during the osteosarcoma treatment and suggest that nutritional status may contribute to surgical complications and toxicities. Objectives: Study the nutritional status of patients with osteosarcoma during HD-QT and the relationship of weight loss with clinical complications and toxicities. Methods: This is a cohort study of patients with osteosarcoma at a pediatric oncology reference center in São Paulo. Sociodemographic, clinical and nutritional data were evaluated. The nutritional status changes during HD-QT was verified and the weight loss of this period was correlated with clinical complications and a score of toxicities. Results: Twenty-six patients, mostly male (57.69%), aged between 10 and 19 years (73.08%), non-metastatic at diagnosis (65.38%) and undergoing conservative surgery (69, 23%) were evaluated. At diagnosis, 69.23% were normal weight. At pre-surgical time was observed a median weight loss of -6.61%, reduction in the overweight prevalence (p = 0.025) compared to the diagnosis, and a higher percentage of individuals with triceps skinfold thickness depletion when compared to the end treatment (p = 0.028). The z- 57 score values of height for age get worse at the end treatment (p=0,026). Moderate correlation was observed between weight loss (before surgical) with the toxicity score (r=-0,54; 0,027). Conclusion: Patients with osteosarcoma exhibited nutritional deficits during HD-QT treatment, that is evidenced by the anthropometric indicators decrease and weight loss at the end of the 2°. cycle HD-QT. The weight loss was correlated with clinical and metabolic complications. Body composition change and decrease on growth was observed after 6°. cicle HD-QT, suggesting association with nutritional status and cancer treatment. Preventive measures should be taken to try to minimize nutritional impairment during this phase.

Introdução: O osteossarcoma dos tumores ósseos é o mais incidente em crianças, adolescentes e jovens adultos. O seu tratamento consiste na quimioterapia em altas doses (QT-AD) e procedimento cirúrgico. As QT-AD mais utilizadas podem causar complicações como as hematológicas, infecciosas, gastrintestinais, insuficiência renal, hepática e cardíaca. Estudos indicam modificação do estado nutricional dos pacientes com osteossarcoma durante o tratamento. Evidências sugerem que o estado nutricional pode contribuir para a presença de complicações cirúrgicas e toxicidades. Objetivos: Estudar o comportamento do estado nutricional dos pacientes com osteossarcoma durante a QT-AD e a relação da perda de peso com as toxicidades e complicações clínicas apresentadas. Métodos: Trata-se de um estudo de coorte realizado com pacientes com osteossarcoma de um centro de referência em oncologia pediátrica do estado de São Paulo. Realizou-se a avaliação de dados sociodemográficos, clínicos e nutricionais. Verificou-se a modificação do estado nutricional durante a QT-AD e correlacionou-se a perda de peso deste período com as complicações clínicas e um escore das toxicidades apresentadas. Resultados: Foram avaliados 26 pacientes, em sua maioria do sexo masculino (57,7%), entre 10 e 19 anos (73,1%), não metastáticos ao diagnóstico (65,4%) e que realizaram cirurgia conservadora (69,2%). Ao diagnóstico 69,2% apresentavam eutrofia. No momento pré-cirúrgico, observou-se mediana de perda de peso de -6,6%, e redução da prevalência de sobrepeso (p=0,025) comparado ao diagnóstico e maior percentual de indivíduos com depleção da medida de prega cutânea tricipital em relação ao final do 56 tratamento (p=0,028). Ao final do tratamento, observou-se piora do escore-z do E/I (p=0,026). Foi observada correlação moderada entre a perda de peso pós 2°. ciclo de QT-AD com o escore de toxicidade (r=-0,54; 0,027). Conclusão: Os pacientes com osteossarcoma apresentam depleções nutricionais durante o tratamento antineoplásico evidenciados pela queda de indicadores antropométricos e perda de peso no final do 2o. ciclo, tendo correlação positiva entre perda de peso e complicações clínicas e metabólicas. Modificação de composição corporal e velocidade de crescimento são observadas após 6o. ciclo de QT-AD, demonstrando presença de associação entre tratamento antineoplásico e estado nutricional. Medidas preventivas devem ser realizadas para tentar minimizar o comprometimento nutricional durante esta fase.
Keywords Nutritional Status
Osteosarcoma
Toxicity
Chemotherapy
Complication.
Estado Nutricional
Osteossarcoma
Toxicidade
Quimioterapia
Complicações.
Language Portuguese
Date 2019-07-25
Research area Nutrição Em Especialidades Clínicas
Knowledge area Nutricao
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=7878652
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/59551

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account