Comparação de recomendações de diretrizes clínicas de alta qualidade para manejo de demência na atenção primária à saúde

Comparação de recomendações de diretrizes clínicas de alta qualidade para manejo de demência na atenção primária à saúde

Author Campos, Marília Valpeteris de Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Melo, Daniela Oliveira de Melo Autor UNIFESP Google Scholar
Graduate program Não se aplica
Abstract Demência é uma síndrome generativa que afeta funções cognitivas e ocorre normalmente em idosos. A Doença de Alzheimer é o tipo mais comum, porém existem diversas formas de demência, como a demência vascular, demência com corpos de Lewy e demência frontotemporal. As Diretrizes Clínicas (DC) são ferramentas sistematicamente desenvolvidas para auxiliar as decisões do médico e do paciente, como tratamento farmacológico, diagnóstico, entre outros fatores, para circunstâncias clínicas específicas. O objetivo desse trabalho é propor recomendações para um processo de adaptação de diretrizes clínicas internacionais ao contexto brasileiro para manejo da demência na atenção primária. As recomendações para manejo de demência foram extraídas de 10 DC de alta qualidade em planilhas do Microsoft Office Excel®, classificadas de acordo com tópicos e comparadas entre si. Posteriormente, foram propostas 46 recomendações tendo como base as recomendações extraídas das DC originais abordando tópicos como diagnóstico clínico, diagnóstico por imagem, tratamento farmacológico, sintomas psicológicos e comportamentais, uso de antipsicóticos, efeitos colaterais, cuidados paliativos, plano de cuidados, desprescrição e redução de fatores de risco. O rastreio é abordado em apenas uma DC enquanto o diagnóstico é abordado em quatro DC, sendo específico para cada tipo de demência e oferecendo possibilidades de ferramentas. Para controle dos sintomas psicológicos e comportamentais, a DC NICE não recomenda o uso de medicamentos e favorece abordagens alternativas e, para tratamento, as DC recomendam o uso de inibidores de acetilcolinesterase para os casos de Alzheimer, demência de Corpos de Lewy e demência vascular. As recomendam o uso de antispicóticos somente em caso de sintomas graves ou perigosos e, se for necessário, utilizar a menor dose possível e reavaliar o paciente periodicamente. A desprescrição é abordada em três DC, recomendando-a para pacientes que não apresentam benefícios pelo uso dos medicamentos. Recomenda-se o desenvolvimento de um plano individualizado de cuidados e monitoramento de dor em pacientes com demência. Para redução de fatores de risco, recomenda-se hábitos saudáveis e tratamento de doenças crônicas pré-existente.

Dementia is a deteriorating syndrome that affects cognitive functions and usually occurs in the elderly people. Alzheimer's disease is the most common type but there are several forms of dementia, as vascular dementia, dementia with Lewy bodies and frontotemporal dementia. Clinical Guidelines (CG) are tools systematically developed to assist physician and patient decisions, such as pharmacological treatment, diagnosis, among other factors, for specific clinics situations. The objective of this work is to propose recommendations for a process of adapting international clinical guidelines to the Brazilian context for the management of dementia in primary care. Recommendations for managing dementia were extracted from 10 high quality CGs in Microsoft Office Excel® spreadsheets, classified according to types and compared to each other. Subsequently, 46 recommendations were proposed based on the recommendations extracted from the original CG addressing such as clinical diagnosis, diagnostic imaging, pharmacological treatment, psychological and behavioral symptoms, use of antipsychotics, side effects, palliative care, care plan, deprescription and reduction of risk factors. Screening is covered in only one CG while the diagnosis is covered in four DC, being specific to each type of dementia and offering tools possibilities. To control psychological and behavioral symptoms, CG NICE does not recommend the use of drugs and favors alternative approaches and, for treatment, DC recommend the use of acetylcholinesterase inhibitors for Alzheimer's, Lewy Body dementia and vascular dementia. They recommend the use of antipsicotics only in case of severe or dangerous symptoms and, if necessary, use the lowest possible dose and periodically reevaluate the patient. Deprescribing is addressed in three CGs, recommending it to patients who do not benefit from the use of medications. It is recommended to develop an individualized plan of care and monitoring of pain in patients with dementia. To reduce risk factors, healthy habits and treatment of pre-existing chronic diseases are recommended.
Keywords Alzheimer
Demência
Diretrizes clínicas
Recomendações
Alzheimer
Dementia
Clinical guidelines
Recommendations
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage Diadema
Language Portuguese
Sponsor Não recebi financiamento
Date 2020-09-30
Knowledge area Outra
Publisher Universidade Federal de São Paulo
Extent 68 f.
Access rights Closed access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/58978

Show full item record




File

Name: TCC Marília Valpeteris.pdf
Size: 867.9Kb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account