Práticas somáticas on-line durante a COVID-19: mapeamento, vivências e reflexões

Práticas somáticas on-line durante a COVID-19: mapeamento, vivências e reflexões

Autor Hutterer, Karen Neubauer Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Terra, Vinícius Demarchi Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Este Trabalho de Conclusão de Curso trata de processos de educação somática deflagrados pela quarentena do COVID-19, que gerou a migração de aulas e sessões de práticas para a internet. Problematiza-se os diferentes modos de virtualização destas aulas a partir da vivência delas, tomando como foco uma das preocupações contemporâneas da educação em saúde: a autonomia na promoção do autocuidado. Como objetivos, pretendeu-se: mapear a oferta de aulas práticas de métodos somáticos que migraram em diferentes formatos para internet durante a pandemia do Covid-19; identificar as estratégias didáticas destas aulas práticas a partir da análise dos recursos, atividades e ação dos professores; selecionar sequências de aulas e vivenciá-las, discutindo processos de autoeducação e autocuidado; e discutir os limites e potencialidades dos processos de migração das práticas corporais presenciais para práticas online. Seguindo abordagem qualitativa de caráter exploratório e observacional, o caminho de pesquisa consistiu em mapear, descrever e analisar três práticas somáticas oferecidas gratuitamente pela internet e voltadas a um público brasileiro – Tai Chi Chuan, Feldenkrais e Yoga. Dada a coerência com o tema da educação somática, que afirma a importância da percepção subjetiva do corpo, foram utilizados como resultados as vivências em primeira pessoa e os diários da própria pesquisadora, instrumento de tomada de consciência. Em diálogo com uma revisão de literatura sobre os métodos, discute-se que as limitações e potencialidades destas ofertas em formato remoto na promoção do autocuidado e da consciência corporal estão vinculadas ao grau de interação entre os participantes e os instrutores de prática, bem como o vínculo entre os próprios instrutores de uma mesma prática, que podem produzir processos emancipatórios frente às diversas práticas de sujeição comercial presentes em fórmulas de lançamento de serviços online. São discutidas as potencialidades das práticas corporais online como facilitadores das demandas dos dias atuais, quebrando barreiras espaciais e na flexibilidade de horários e também para produzir o bem-estar fora de ambientes como academia e estúdios. Contudo, há uma necessidade de desenvolvimento pedagógico desde o planejamento do conteúdo, da gravação e postagens de forma organizada e lógica, até a forma de comunicação entre o alunos e professores e de quais plataformas síncronas ou assíncronas serão trabalhadas. Houve em todas as vivências uma abordagem investigativa para através do corpo poder acessar outras capacidades, criando assim possibilidades para o autoconhecimento. Tomar consciência para achar novos caminhos, modificar atitudes e ressignificar modos de relacionamentos, de sentir e ocupar o corpo, levando a uma vida com qualidade.

This final paper deals with somatic education processes triggered by the quarantine of COVID-19, which generated the migration of classes and practice sessions to the internet. The different modes of virtualization of these classes are problematized based on their experience, focusing on one of the contemporary concerns of health education: autonomy in promoting self-care. The objectives are: to map the offer of practical classes of somatic methods that migrated in different formats to the internet during the Covid-19 pandemic; to identify the didactic strategies of these practical classes from the analysis of the resources, activities and action of the teachers; select sequences of classes and experience them, discussing self-education and self-care processes; and discuss the limits and potential of the processes of migration from face-to-face body practices to online practices. Following an exploratory and observational qualitative approach, the research path consisted of mapping, describing and analyzing three somatic practices offered for free over the internet and aimed at a Brazilian audience - Tai Chi Chuan, Feldenkrais and Yoga. Given the coherence with the theme of somatic education, which affirms the importance of subjective perception of the body, first-person experiences and the diaries of the researcher, an instrument of awarenessraising, will be used as results. In dialogue with a literature review on the methods, it is argued that the limitations and potential of these offers in remote format in promoting self-care and body awareness are linked to the degree of interaction between participants and practice instructors, as well as the link between the instructors of the same practice, who can produce emancipatory processes in face of the various practices of commercial subjection present in formulas for launching online services. The potential of online bodily practices as a facilitator of today's demands is discussed, breaking spatial barriers and flexible schedules and also to produce well-being outside environments such as the gym and studios. However, there is a need for pedagogical development from content planning, recording and posting in an organized and logical way, to the form of communication between students and teachers and from which synchronous or asynchronous platforms will be worked on. In all experiences, there was an investigative approach so that through the body, it could access other capacities, thus creating possibilities for self-knowledge. Become aware to find new ways, change attitudes and re-signify ways of relationships, of feeling and occupying the body, leading to a quality life.
Assunto Educação
Método somático
Autocuidado
Práticas online
Education
Somatic method
Self-care
Online practices
Idioma Português
Data 2020-10-19
Publicado em HUTTERER, Karen Neubauer. Práticas somáticas on-line durante a COVID-19: mapeamento, vivências e reflexões. 2020. 81f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Educação Física) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2020.
Área de concentração Outra
Editor Universidade Federal de São Paulo
Extensão 81 f.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/58790

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: TCC Educação Somática.pdf
Tamanho: 664.4Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)