Efeitos da dieta hiperlipídica materna sobre o fator neurotrófico derivado do cérebro, proteínas da via inflamatória e os biomarcadores de estresse oxidativo em hipocampos da prole adulta de camundongos

Show simple item record

dc.contributor.advisor Silva, Cristiano Mendes da [UNIFESP]
dc.contributor.author Gomez, Paula dos Santos [UNIFESP]
dc.coverage.spatial ISS pt_BR
dc.date.accessioned 2020-04-28T13:58:04Z
dc.date.available 2020-04-28T13:58:04Z
dc.date.issued 2019-12-19
dc.identifier.citation GOMEZ, Paula dos Santos. Efeitos da dieta hiperlipídica materna sobre o fator neurotrófico derivado do cérebro, proteínas da via inflamatória e os biomarcadores de estresse oxidativo em hipocampos da prole adulta de camundongos. 2019. 6 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Nutrição) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2019. pt
dc.identifier.uri https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/53334
dc.description.abstract Estudos demonstram efeitos prejudiciais da DHL materna, durante a gestação e lactação, sobre o hipocampo das proles adultas envolvendo o fator neurotrófico derivado do cérebro, proteínas da via inflamatória e os biomarcadores de estresse oxidativo. Sendo assim, o objetivo do estudo foi investigar possível associação do perfil inflamatório, a expressão de biomarcadores do estresse oxidativo e BDNF no hipocampo com o perfil obesogênico apresentado por proles adultas expostas a dieta hiperlipídica (DHL) materna. As proles de camundongos machos da linhagem Swiss tiveram seus hipocampos dissecados para avaliação proteica do BDNF, proteínas da via inflamatória (JNK, p-JNK e rTNF-α) por Western Blotting e biomarcadores do estresse oxidativo como TBARS para avaliação da peroxidação lipídica, TAS e TOS para avaliar estado antioxidante total e estado oxidante total respectivamente e a razão da Glutationa Reduzida (GSH)/Glutationa Oxidada (GSSG) . As proles macho (p70) provindas de mãe que consumiram DHL apresentaram aumento significativo do biomarcador do estado oxidante total e da razão GSH/GSSG e diminuição significativa na proteína BDNF, entretanto, os marcadores para as proteínas da via inflamatória não sofreram alterações. Com isso, sugere-se que redução nas proles-DHL p70 pode estar relacionado a um possível fenótipo depressivo apresentado pelos animais conforme evidenciado em outros estudos do nosso grupo de pesquisa, além de ter demonstrado estado pró-inflamatório não evidenciado e alteração no estado oxidativo total relacionando também a razão de GSH/GSSG. pt_BR
dc.format.extent 6 f. pt_BR
dc.language por pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt_BR
dc.rights Acesso restrito pt_BR
dc.subject Dieta hiperlipídica pt_BR
dc.subject BDNF pt_BR
dc.subject Hipocampo pt_BR
dc.subject Estresse oxidativo pt_BR
dc.subject Inflamação pt_BR
dc.subject Neurogênese pt_BR
dc.title Efeitos da dieta hiperlipídica materna sobre o fator neurotrófico derivado do cérebro, proteínas da via inflamatória e os biomarcadores de estresse oxidativo em hipocampos da prole adulta de camundongos pt_BR
dc.type Trabalho de conclusão de curso de graduação pt_BR
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
unifesp.campus Instituto de Saúde e Sociedade (ISS) pt_BR
unifesp.knowledgeArea Nutrição pt_BR
dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/4209840450626491 pt_BR
dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/7868915353525184 pt_BR
unifesp.departamento Saúde, Clínica e Instituições pt_BR
unifesp.graduacao Nutrição pt_BR



File

Name: PaulaGomes TCC2 nutricao 2019.pdf
Size: 149.1Kb
Format: PDF
Description: Resumo Expandido
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account