Previsão de irradiância solar na região sudeste do Brasil empregando o modelo de mesoescala WRF ajustado por redes neurais artificiais (RNAS)

Show simple item record

dc.contributor.advisor Martins, Fernando Ramos [UNIFESP]
dc.contributor.author Campos, Isabelle Sardinha Leonardo [UNIFESP]
dc.coverage.spatial Edifício Acadêmico II - Campus Baixada Santista - Universidade Federal de São Paulo pt_BR
dc.date.accessioned 2019-07-05T14:58:36Z
dc.date.available 2019-07-05T14:58:36Z
dc.date.issued 2018-06
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/50954
dc.description.abstract A irradiância solar é um recurso energético vital para a manutenção da vida no planeta e para atendimento de demandas relativas às atividades humanas, tais como agricultura, geração de eletricidade e produção de calor. A irradiância solar que incide sobre a superfície é de natureza variável, principalmente devido às nuvens e aos ciclos sazonais. Este trabalho tem como objetivo avaliar a capacidade de um modelo numérico mesoescala em simular a evolução dos processos atmosféricos na região Sudeste do Brasil de forma a possibilitar seu uso para previsão de irradiância solar quando acoplado com uma metodologia para refinamento estatístico para redução dos desvios sistemáticos inerentes ao modelo de mesoescala. Neste sentido, o estudo baseou-se no uso de Redes Neurais Artificiais (RNAs) alimentadas por variáveis meteorológicas fornecidas pelo o modelo de mesoescala WRF para horizontes de curto prazo: 24 horas, 48 horas e 72 horas. As variáveis de saída do modelo WRF foram empregadas como preditores em modelos de RNAs. Este trabalho utilizou dados de irradiância solar incidente na superfície observados durante o ano de 2013 em estações operadas pelo INMET. Diversos experimentos numéricos foram realizados para ajuste e definição do conjunto de preditores e configuração das redes neurais. Parâmetros estatísticos para avaliação de desvios foram adotados da metodologia de previsão para validação da metodologia empregada no estudo. Os resultados obtidos mostram que as RNAs são uma excelente alternativa para previsão de irradiância solar em toda a Região Sudeste, se destacando, sobretudo, para previsões de até 24h em dias de céu claro. pt_BR
dc.format.extent 77 p. pt_BR
dc.language por pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt_BR
dc.rights Acesso aberto pt_BR
dc.subject Irradiância solar pt_BR
dc.subject Modelo de mesoecala WRF pt_BR
dc.subject Redes neurais artificiais pt_BR
dc.subject Sudeste brasileiro pt_BR
dc.subject Energia solar pt_BR
dc.title Previsão de irradiância solar na região sudeste do Brasil empregando o modelo de mesoescala WRF ajustado por redes neurais artificiais (RNAS) pt_BR
dc.type Trabalho de conclusão de curso de graduação pt_BR
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
unifesp.campus Instituto do Mar (IMar) pt_BR
dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/1604549914204182 pt_BR
dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/9012359647335296 pt_BR
dc.contributor.advisor-co Lima, Francisco José Lopes
dc.contributor.advisor-coLattes http://lattes.cnpq.br/8300602270954491
dc.subject.cnpq Energia e Recursos Renováveis pt_BR
dc.subject.cnpq Meteorologia Aplicada pt_BR
unifesp.departamento Ciências do Mar pt_BR
unifesp.graduacao Engenharia Ambiental pt_BR



File

Name: TCC_FINAL_IsabelleSardinhaLeonardoCampos_EA.pdf
Size: 1.966Mb
Format: PDF
Description: Texto principal
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account