Mundo Do Trabalho Na Agroindustria: Uma Análise Das Condições De Trabalho De Egressos Do Instituto Federal De Educação, Ciência E Tecnologia Do Estado De Mato Grosso

Mundo Do Trabalho Na Agroindustria: Uma Análise Das Condições De Trabalho De Egressos Do Instituto Federal De Educação, Ciência E Tecnologia Do Estado De Mato Grosso

Author Acosta, Carmen Lucia Coelho Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Abreu, Claudia Barcelos De Moura Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Educação E Saúde Na Infância E Adolescência
Abstract This study is situated in the technological education arena, emphasizing the training of workers for the agroindustry in acapitalist society. The study relies on alumni's reports on theirworking conditions, and establishes relationships back to their professional training in the Agroindustry Technology course from the Federal Institute of Education, Science and Technology (IFMT), in the city of Campo Novo do Parecis -Mato Grosso state. The theoretical-methodological foundation is marxist critical theory, withparticular contribution from work-education focused scholars. Campo Novo do Parecis campus was selected for being the sole town to offer Agroindustry Technology graduation in a state-owned institution. Background data included the course plan and official documents that served as reference for the preparation of the undergraduate professional training proposal. It also included survey results from eight professors and 20 graduates. In the analysis of the course plan along with professors´ survey results, following aspects were considered: reasons which supported the course start; course characterization, objectives and assumptions; expectations for graduate’s profile; curriculum organization; faculty and school infrastructure. The graduates´ survey disclosed individual profiles, work conditions, and training experienced in the course. The analysis refers to the understanding that the course plan follows DCN guidelines for professional technological education, indicating explicit attention to market demands, increasingly science and technology driven. Thus, integration between work, science and technology is viewed to grant access to competences and jobs. Therefore, integration is decomposed to its instrumental dimension to work, and citizenship into a right to acquire such skills. The course curriculum is wide and generalist, enabling the graduate for comprehensive scope, ranging from raw materials selection, through all phases of industrialization, to the quality control of the finished goods. This requires abilities for new product development, decision making, planning, rationalization, maximization, management and control of quality systems. Curriculum reflects the concept of a multipurpose education, valuing specific training disciplines over humanities in a broader sense. Graduates report having a job in the field of training (80%), indicating the course has facilitated labor market access. Research has shown that undergraduate studies alone are not sufficient for better working conditions. Poor working conditions are reflected in long overtime hours, low wages (two minimum wages on average) and weakening of workers' health. In addition, 31.25% are temporary jobs. Course plan analysis and survey results evidences a multipurpose education, i.e. a direct connection between education and work requirements. In the case of a higher education offered by a public institution, it is necessary to broaden the debate on the integrated formation that allows to establish relations between work, science and culture, having as a horizon the humanistic formation that allows the future worker to understand the complexity of the world of the work and act as a driver of the history of his time.

Este estudo se situa no campo da educação tecnológica, dando centralidade à formação de trabalhadores para a agroindústria no contexto da sociedade capitalista, sob a reestruturação produtiva. O objetivo foi analisar relatos de egressos sobre as suas condições de trabalho, estabelecendo relações com a formação profissional vivenciada por eles no curso de Tecnologia em Agroindústria do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFMT), ofertado na cidade de Campo Novo do Parecis-Mato Grosso. O fundamento teórico-metodológico foi ancorado no campo das teorias críticas de base marxista, mais especificamente em autores que focalizam a relação trabalho-educação. Para o desenvolvimento da pesquisa, adotou-se como cenário de investigação a cidade de Campo Novo do Parecis por ser a única a oferecer o curso de nível superior em Tecnologia em Agroindústria em uma instituição pública de ensino. O material de análise incluiu o plano do curso e documentos oficiais que serviram como referência para a elaboração da proposta de formação profissional. Incluiu também dados extraídos de questionários e de entrevistas, que foram realizados com oito professores e 20 egressos. Nas análises do plano de curso e das entrevistas com os professores foram considerados os seguintes aspectos: razões que motivaram a criação do curso; caracterização, objetivos e pressupostos do curso; perfil do profissional a ser formado; organização curricular; corpo docente e infraestrutura da instituição. No que diz respeito aos relatos dos egressos foram observadas questões relativas ao perfil dos sujeitos entrevistados, condição de trabalho na agroindústria; formação vivenciada no curso. As análises remetem ao entendimento de que o plano de curso segue as orientações expressas nas DCN para a educação profissional tecnológica, indicando explícita atenção às demandas do mercado de trabalho, que incorpora cada vez mais a ciência e a tecnologia. Nesse sentido, a integração entre trabalho, ciência e tecnologia é vista como uma forma de garantir ao cidadão o direito de adquirir competências para ingresso no mundo do trabalho. Assim, a integração é reduzida a sua dimensão instrumental para o trabalho e a cidadania, entendida como um direito de adquirir tais competências. O currículo do curso configura uma formação generalista, que capacita o egresso para uma atuação abrangente, que vai desde o controle de seleção de matérias-primas, passando por todas as fases da industrialização, até o controle de qualidade do produto acabado. Isso exige capacidade para o desenvolvimento de pesquisas de novos produtos e para a tomada de decisões, planejamento, racionalização, maximização, gerenciamento e controle dos sistemas de qualidade. Os pressupostos da educação polivalente se expressam na organização do currículo, que valoriza as disciplinas de formação específica, em detrimento da formação humana no seu sentido mais amplo. Os relatos dos egressos evidenciam que a maior parte deles (80%) trabalha na área de formação, fato que indica que o curso facilitou a inserção no mercado de trabalho. Os dados sobre a atuação profissional revelam que a formação superior não foi suficiente para superar os processos de precarização das condições de trabalho. A precarização se configura nas práticas de intensificação do trabalho, nos baixos salários (cerca de dois salários mínimos), na degradação da saúde do trabalhador e no fato de que, do total de egressos que atuam na área da agroindústria, 31,25% trabalham como temporários. Conclui-se que a formação profissional expressa no plano de curso e nos relatos dos entrevistados fundamenta-se nos pressupostos da polivalência, ou seja, na relação direta entre educação e as demandas do mundo trabalho, em tempos de acumulação flexível. Em se tratando de um curso superior ofertado por uma instituição pública faz-se necessário ampliar o debate sobre a formação integrada que permite estabelecer relações entre trabalho, ciência e cultura, tendo como horizonte a formação humanística que proporcione ao trabalhador compreender a complexidade do mundo do trabalho e atuar como sujeito da história do seu tempo.
Keywords Training Of Workers
Agroindustry
Federal Institut
Formação De Trabalhadores
Agroindústria
Instituto Federal
Language Portuguese
Date 2017-12-15
Research area Educação E Saúde Na Infância E Na Adolescência: Problemas Crônicos E Perspectivas Atuais
Knowledge area Educação E Saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 209p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5500762
Access rights Open access Open Access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/50856

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account