Rede Adaptada Para População Com Paralisia Cerebral

Rede Adaptada Para População Com Paralisia Cerebral

Author Machado, Flavia Pantoja Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Carvalho, Raquel De Paula Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Interdisciplinar Em Ciências Da Saúde
Abstract A tissue hammock is part of the life habits of the population of the North and Northeast of Brazil. In these regions, and is the formula for sending, and thus, it becomes an opportunity to carry out various activities. Cerebral Palsy (CP), a flexible structure of the hammock can cause postural instability, limiting its independence to perform activities in the immediate position, increasing its own capacity for upper limbs. In this sense, an adapted hammock was created and created, resulting from adjustments in the tissue hammock and insertion of a seat and backrest system with a rigid base for positioning in the classroom, besides favoring the alignment of trunk and control to carry out activities, such as the scope manual. The objective of this research is to verify the characteristics of the trunk and lower limb alignment during seat positioning and in the task of reaching the hammock adapted to the bank and to the hammock without adaptation, with the CP, comparing with its control pairs without neurological deficiency, as well as the level of parental satisfaction. Quasi experimental clinical trial, comparative statistical, with CP group (GCP) and Control Group (CG). The selection of the non-probabilistic clinical sample, composed by person aged between 5 and 16 years old. The GCP is composed of person with bilateral spastic CPs, level II and III according to a Gross Motor Function Classification System (GMFCS), while the GC, by control neurological semantic control, matched in relation to age, weight, height and width make hip. Participants were sent in three different conditions: in the adapted hammock, seat and net without seat / backrest support. Through the kinematic analysis, the trunk alignment in the posture sent without movements - static task - was evaluated through the analysis of the ankle, knee, hip, pelvis and trunk angles. In the scope task, spatial-temporal variables of the movement were analyzed: time, hand trajectory; the displacement of the acromion, an average labor force, the retirement rate and deactivation of the movement, in addition to the initial and final angles of the shoulder and elbow. In the static task, the results indicated the similarity of the lower limbs, pelvis and trunk angles in the three sitting conditions, inferring that an adapted hammock may be an option to sit for short periods of time. The results of the task and the range motion protocol in the GCP and GC, evidencing less control of the movement for GCP, besides the use of the inclination of the trunk forward to realize the reach. Parents, through the Quebec B-Quest satisfaction questionnaire, were satisfied with the dimensions of the product, however, pointed out the need for improvements in comfort and safety. It is concluded that an adapted hammock can be considered as a short-time sending option, since it promoted postural control in CP, and that it does not influence reach accomplishment.

A rede de tecido faz parte do hábito de vida da população do Norte e Nordeste do Brasil. Nessas regiões, ela é utilizada como opção para o sentar, e assim, torna-se uma oportunidade para realizar diversas atividades. Entretanto, para indivíduos com Paralisia Cerebral (PC) a estrutura flexível da rede pode causar instabilidade postural, limitando sua independência para realização de atividades na posição sentada, aumentando sua inabilidade com os membros superiores (MMSS). Nesse sentido, planejou-se e criou-se a rede adaptada, resultado de ajustes na rede de tecido e inserção de um sistema de assento e encosto de base rígida buscando um posicionamento sentado adequado, além de favorecer o alinhamento de tronco e o controle postural para realizar atividades, como o alcance manual. O objetivo dessa pesquisa foi verificar as características do alinhamento de tronco e dos membros inferiores (MMII) durante o posicionamento sentado e na tarefa do alcance na rede adaptada em relação ao banco e à rede sem adaptação, em indivíduos com PC, comparando com seus pares controle sem deficiência neurológica, bem como o nível de satisfação dos pais. Ensaio clínico quasi-experimental, estatístico comparativo, com grupo PC (GPC) e Grupo Controle (GC). A seleção da amostra foi não-probabilística clínica, composta por indivíduos com idade entre cinco e 16 anos. O GPC foi composto por indivíduos com PC espásticos bilaterais, no nível II e III segundo a Gross Motor Function Classification System (GMFCS), enquanto que o GC, por indivíduos controle sem alterações neurológicas, pareados em relação à idade, peso, altura e largura do quadril. Os participantes foram avaliados sentados em três condições diferentes: na rede adaptada, banco e rede sem suporte de assento/encosto. Por meio da análise cinemática, avaliou-se o alinhamento de tronco na postura sentada sem movimentos – tarefa estática – por meio da análise dos ângulos de tornozelo, joelho, quadril, pelve e tronco. Na tarefa de alcance, foram analisadas as variáveis espaço-temporais do movimento: tempo, trajetória da mão; o deslocamento do acrômio, a velocidade média da mão, o índice de retidão e desaceleração do movimento, além dos ângulos iniciais e finais de ombro e cotovelo. Na tarefa estática, os resultados apontaram semelhança dos ângulos de MMII, pelve e tronco nas três condições de sentar, inferindo que a rede adaptada pode ser considerada uma opção para o sentar por curtos períodos de tempo. Os resultados da tarefa dinâmica confirmaram as diferenças do movimento de alcance entre o GPC e GC, evidenciando menor controle do movimento para GPC, além do uso da inclinação do tronco a frente para realizar o alcance. Os pais, por meio do questionário de satisfação Quebec B-Quest demonstraram-se satisfeitos quanto às dimensões do produto, no entanto, apontaram necessidade de melhorias quanto ao conforto e segurança. Conclui-se que a rede adaptada pode ser considerada como uma opção de sentar por curtos períodos de tempo, pois promoveu controle postural em indivíduos com PC, e que não influencia a realização do alcance.
Keywords Cerebral Palsy
Self-Help Devices
Biomechanical Phenomena
Paralisia Cerebral
Equipamentos De Autoajuda
Cinemática
Language Portuguese
Date 2017-11-29
Research area Estratégias Interdisciplinares Em Promoção, Prevenção E Reabilitação
Knowledge area Promoção, Prevenção E Reabilitação Em Saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 79p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5639354
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/50351

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account