Validação no Brasil de questionário de qualidade de vida na doença venosa (AVVQ – Brasil)

Validação no Brasil de questionário de qualidade de vida na doença venosa (AVVQ – Brasil)

Título alternativo In Brazil validation of a questionnaire quality of life in venous disease (AVVQ- Brazil)
Autor Leal, Flávia de Jesus Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Pitta, Guilherme Benjamin Brandão Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Saúde Coletiva – EPM
Resumo Introdução. Atualmente há um crescente interesse por instrumentos de avaliação em saúde produzidos e validados em todo o mundo. Apesar disso, ainda são raros no Brasil instrumentos que avaliem o impacto da doença venosa na vida do indivíduo acometido. Para utilização dessas medidas torna-se necessário a realização da tradução, adaptação cultural e validação ao idioma em questão. Objetivo. Validar no Brasil questionário de qualidade de vida na doença venosa dos membros inferiores (AVVQ – Brasil). Métodos. Estudo observacional, analítico, para validação de questionário, no qual 107 indivíduos com doença venosa responderam à versão traduzida e adaptada do AVVQ para o português do Brasil por três vezes. As duas primeiras aplicações foram sucessivas com intervalo de 30 minutos (reprodutibilidade interobservador) e a terceira após 15 dias (reprodutibilidade intraobservador). Os resultados foram expressos em média, valores máximos e mínimos. A reprodutibilidade do questionário, realizada pelo sistema teste-reteste foi avaliada pelo coeficiente de correlação intraclasse (CCI), sendo a consistência interna verificada pelo α de Cronbach. Foi utilizado o teste de correlação de Spearman para verificar a validade do questionário e o teste de Mann-Whitney para comparar as distribuições dos domínios do AVVQ por CEAP. Resultados: Dos 107 pacientes que participaram do estudo, 94 (87,9%) eram do sexo feminino, e a idade média foi de 50,1 anos ± 14,7. que ao longo de sua vida assumiu uma postura em ortostatismo prolongado (57,0%), que não realiza exercício físico (96,3%), com pelo menos o ensino fundamental incompleto (25,2%) ou com o ensino médio completo (23,4%), pertencente às classes econômicas C1(24,3%) e C2 (36,4%) e gravidade da doença nas classes C4 (22,4%) e C6 (23,3%) do CEAP clínico. A reprodutibilidade do questionário, avaliada pelo CCI, mostrou uma excelente reprodutibilidade interobservador, uma vez que os coeficientes para todos os domínios e a pontuação total do AVVQ foram superiores a 0,800, como também excelente reprodutibilidade para a avaliação intraobservador, apresentando apenas o domínio Extensão da varicosidade uma concordância regular a boa com CCI=0,675. A consistência interna do AVVQ, avaliada pelo α de Cronbach, mostrou-se de excelente a moderada para a maioria dos seus domínios. As correlações de Spearman mostraram que a pontuação total do AVVQ e do domínio Dor e disfunção se correlacionaram negativamente com todos os domínios do SF-36. O teste de Mann-Whitney mostrou diferença estatística significante para a pontuação total do AVVQ e do domínio Complicações entre os pacientes com CEAP 1, 2, 3 e CEAP 4, 5, 6. Conclusão: pode-se concluir que o AVVQ se encontra validado no Brasil para uso na população brasileira, sendo uma medida de avaliação da QV e de gravidade da DVC.

Introduction. Currently there is a growing interest in health assessment tools produced and validated around the world. Yet there are few instruments in Brazil to assess the impact of venous disease in the affected individual's life. To use these measures it is necessary to accomplish the translation, cultural adaptation and validation of the language in question. Purpose. Validate in Brazil questionnaire of quality of life in venous disease of the lower limbs (AVVQ - Brazil). Methods. Observational, analytical validation of a questionnaire in which 107 individuals with venous disease responded to the translated and adapted version of the AVVQ into Portuguese of Brazil three times. The first two applications were repeated at intervals of 30 minutes (interobserver reproducibility) and the third after 15 days (intraobserver reproducibility). The results were expressed as mean, maximum and minimum values. The reproducibility of the questionnaire, performed by the system test-retest reliability was assessed by intraclass correlation coefficient (ICC) and verified by internal consistency Cronbach's α. We used the Spearman correlation test to check the validity of the questionnaire and the Mann-Whitney test to compare the distributions of the domains of AVVQ by CEAP. Results. Of 107 patients who participated in the study, 94 (87.9%) were female and mean age was 14.7 ± 50.1 years. that throughout his life took a prolonged orthostatic posture (57.0%), which does not perform exercise (96.3%), with at least incomplete primary education (25.2%) or secundary education (23.4%) belonging to social classes C1 (24.3%) and C2 (36.4%) and disease severity in class C4 (22.4%) and C6 (23.3%) of CEAP clinical . The reproducibility of the questionnaire measured by ICC, showed excellent interobserver reproducibility, since the coefficients for all domains and the total score of AVVQ were higher than 0.800, as well as excellent reproducibility for the evaluation intraobserver, field having the Domain Extension of varicosity a good, fair agreement with ICC = 0.675. The internal consistency of AVVQ, assessed by Cronbach's α, was excellent to moderate for most of their fields. The Spearman correlations showed that the total score and domain AVVQ pain and dysfunction correlated negatively with all SF-36. The Mann-Whitney test showed statistically significant difference for the total score and domain AVVQ complications among patients with CEAP 1, 2, 3 and CEAP 4, 5, 6. Conclusion. It can be concluded that the AVVQ is validated for use in Brazil in the Brazilian population, a measure of the QOL and severity of CVD.
Assunto Insuficiência venosa
Questionário
Qualidade de Vida
Comparação Transcultural
Estudos de Validação
Cobertura São Paulo
Idioma Português
Data 2012
Publicado em LEAL, Flávia de Jesus. Validação no Brasil de questionário de qualidade de vida na doença venosa (AVVQ – Brasil). 2012. 108 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2012.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 108 f.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/49125

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Tese-13297.pdf
Tamanho: 1.164Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)