História de vida em voz: narrativas sobre a arte de ensinar a encenar

Show simple item record

dc.contributor.advisor Imbrizi, Jaquelina Maria
dc.contributor.author Mendes, Adaíse Malvezzi
dc.date.accessioned 2018-08-03T15:07:58Z
dc.date.available 2018-08-03T15:07:58Z
dc.date.issued 2017
dc.identifier http://www2.unifesp.br/centros/cedess/mestrado/baixada_santista_teses/039_bx_dissertacao_adaise_mendes.pdf
dc.identifier.citation MENDES, Adaíse Malvezzi. História de vida em voz: narrativas sobre a arte de ensinar a encenar. 2017. 135f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde) – Campus Baixada Santista, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2017.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/49104
dc.description.abstract Voice is an essential means of communication for social interaction and a vital tool for some professional categories, among them, the classes of actors and teachers. The professional that works in the performing arts needs to deepen in the history of his character and build it, making his own body and his own voice recipients of a new person, to which he will give life on stage. The drama teacher, in turn, must pass on his artistic knowledge to his apprentices using his vocal abilities, in order to teach them how to act. In view of this, this research aims to analyze the teaching activity and the vocal aspects of the “teachers-actors”, who give theater classes, in three different working environments: non-governmental organization (NGO), private school and public school. The objective of this research is to understand the vocal use and working conditions, correlating them, as well to analyze the participants’ perceptions of a speech therapist's performance in the theater and in the performing arts classes. This work is justified by the very small number of studies carried out so far with this public, especially with those who consider the singularity of being on stage and the experience of teaching to act, interconnecting them with the use of their voice. Therefore, it is a qualitative study whose instruments for the production of data comprise the field diaries and the written production of narratives of life histories of the “teachers-actors”. It was possible to consider that the vocal use differs in the scenic performance, when compared to the exercise of teaching in performing arts. Working environments have similar conditions, both with regard to the physical aspects as the organizational. Concerning the speech therapist’s performance in the theater, only one participant considered that this professional works together with the actor in the construction of his character, going beyond technical aspects and vocal health. en
dc.description.abstract A voz é um meio de comunicação essencial para a interação social e um instrumento vital para algumas categorias profissionais, dentre elas, a dos atores e dos professores. O profissional que atua nas artes cênicas precisa se aprofundar na história de sua personagem e construí-la, tornando seus próprios corpo e voz receptores de uma nova persona, à qual dará vida nos palcos. Para tanto, ele deve preparar seu instrumento vocal. O professor de teatro, por sua vez, deve passar seus conhecimentos artísticos para seus alunos usando suas habilidades vocais, de modo a ensiná-los como atuar. Em vista disso, esta pesquisa visa a analisar a atividade docente e os aspectos vocais dos “professores-atores”, que dão aulas de teatro, em três ambientes de trabalho distintos: organização não-governamental (ONG), escola particular e escola pública. O objetivo desta investigação é compreender o uso vocal e as condições de trabalho, correlacionando-os, bem como analisar as percepções dos participantes sobre a atuação do fonoaudiólogo no teatro e nas aulas de artes cênicas. Este trabalho se justifica pelo número ínfimo, até então, de estudos realizados com esse público, principalmente com aqueles que levam em consideração a singularidade de estar em cena e a experiência de ensinar a encenar, interligando-as com o uso de sua voz. Trata-se, portanto, de um estudo qualitativo cujos instrumentos para a produção de dados abrangem os diários de campo e a produção escrita de narrativas de histórias de vida dos “professores-atores”. Foi possível averiguar que o uso vocal difere na atuação cênica, quando comparada com o exercício da docência em artes cênicas. Os ambientes de trabalho apresentam condições semelhantes, tanto no que tange aos aspectos físicos quanto aos organizacionais. Com relação à atuação do fonoaudiólogo no teatro, apenas um participante considerou que esse profissional trabalha em conjunto com o ator na construção de sua personagem, indo além dos aspectos técnicos e da saúde vocal. pt
dc.format.extent 135f.
dc.language por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso Aberto
dc.subject Voice en
dc.subject Teacher en
dc.subject Actor en
dc.subject Occupational health en
dc.subject Narratives of life stories en
dc.subject Voz pt
dc.subject Professor pt
dc.subject Ator pt
dc.subject Saúde do trabalhador pt
dc.subject Narrativas de histórias de vida pt
dc.title História de vida em voz: narrativas sobre a arte de ensinar a encenar pt
dc.type Dissertação de mestrado
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
unifesp.campus Campus Baixada Santista pt
unifesp.graduateProgram Ensino em Ciências da Saúde pt
unifesp.researchArea Ensino
dc.audience.educationlevel Mestrado profissional
dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/0704013640647893
dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/8682215618761531
unifesp.departamento Centro de Desenvolvimento do Ensino Superior em Saúde – CEDESS pt



File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account