Modulação do sistema renina-angiotensina renal e dos mecanismos inflamatórios na hipertensão pré-natalmente programada

Modulação do sistema renina-angiotensina renal e dos mecanismos inflamatórios na hipertensão pré-natalmente programada

Author Watanabe, Ingrid Kazue Mizuno Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Casarini, Dulce Elena Casarini Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Medicina (Nefrologia)
Abstract O crescente acúmulo de evidências observado nas últimas décadas reforça a importância do meio ambiente pré-natal sobre a vida adulta. Há fortes evidências de que o sistema renina-angiotensina (SRA) é afetado por eventos adversos na nutrição materna durante a gestação. O tratamento precoce da prole com inibidores do SRA é capaz de prevenir o desenvolvimento da hipertensão pré-programada pela restrição protéica materna. A crescente atenção voltada para a importante relação entre a Ang II e a inflamação tem levado à especulação os possíveis mecanismos renais envolvidos na programação pré-natal da hipertensão. O objetivo do presente estudo foi avaliar a modulação do SRA e dos mecanismos inflamatórios no rim, na fase adulta, pela programação pré-natal da hipertensão em modelo experimental por meio da restrição protéica durante a gestação. Ratas Sprague-Dawley foram submetidas à dieta controle (CT) ou à dieta hipoprotéica (HP) durante o período da gestação. Após o desmame, as proles submetidas à dieta padrão foram acompanhadas até a 20ª semana de vida. Os descendentes do grupo HP foram subdivididos em dois grupos: veículo e tratado com inibidor de receptor AT1, losartan, da 3ª a 20ª semana de vida, na dose de 10 mg/kg/dia. Na 20ª semana de vida, além do aumento da pressão arterial média, os animais do grupo HP veículo apresentaram alterações histológicas características de lesões renais, incluindo aumento da área intersticial relativa e da expressão de colágeno, maior infiltrado de células inflamatórias e concentrações elevadas de ROS e óxido nítrico no rim, quando comparados ao grupo CT. As alterações citadas são concomitantes aos níveis elevados de angiotensinas, e a inibição do SRA, via receptor AT1, foi capaz de prevenir ou atenuá-las. A constatação dos altos níveis de Ang I e Ang II no rim de animais pré-programados concomitante ao aumento da infiltração de células inflamatórias e às alterações histológicas e a eficácia da inibição do receptor AT1 indicam que o SRA, via Ang II/receptor AT1, é responsável pela iniciação dos quadros inflamatório e fibrótico na programação renal por meio da restrição protéica durante a gestação.
Keywords programação pré-natal
sistema renina-angiotensina
hipertensão
inflamação desbalanço redox
Language Portuguese
Date 2014-04-30
Published in WATANABE, Ingrid Kazue Mizuno. Modulação do sistema renina-angiotensina renal e dos mecanismos inflamatórios na hipertensão pré-natalmente programada. 2014. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1523266
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48847

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account