Pró-saúde e pet-saúde: as políticas indutoras e suas repercussões para e na formação docente em saúde

Pró-saúde e pet-saúde: as políticas indutoras e suas repercussões para e na formação docente em saúde

Autor Santos, Geovannia Mendonca dos Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Batista, Sylvia Helena Souza da Silva Batista Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Interdisciplinar em Ciências da Saúde
Resumo Objetivo central: analisar trajetórias, concepções, práticas pedagógicas, motivações e expectativas de professores atuantes no PRÓ-SAÚDE e no PETSAÚDE dos campi São Paulo e Baixada Santista da Universidade Federal de São Paulo. Objetivos específicos: realizar uma revisão de literatura; caracterizar o perfil destes professores (gênero, idade, área de formação profissional, tempo de inserção na docência, atividade na universidade, participação em outros projetos); resgatar as trajetórias docentes, buscando discutir os percursos formativos na e para a docência em saúde; apreender concepções destes professores sobre aprendizagem e formação em saúde na perspectiva da integração ensino-serviço; discutir as motivações e as expectativas narradas pelos professores ao desenvolverem suas docências no âmbito de políticas indutoras, como o PRÓ-SAÚDE e PET-SAÚDE; caracterizar os pontos fortes, as fragilidades e as possibilidades que identificam em suas inserções como docentes desses projetos. As interlocuções teóricas abrangeram o campo da formação docente em saúde e a contextualização das políticas indutoras privilegiadas nesta investigação. Métodos: revisão de literatura, entrevistas semi-estruturadas, construção e análise das narrativas. A revisão de literatura buscou compreender como a docência, inserida no âmbito das inovações em saúde, tem sido abordada na produção científica, a partir da análise de 65 artigos. Resultados: Participaram deste estudo 13 professores, sendo 9 do Campus Baixada Santista e 4 do Campus São Paulo. Na data da entrevista todos os possuíam Mestrado e 92% doutorado. Ao longo do processo de formação, muitos destes fizeram cursos de Especialização, Residência e Aprimoramento. Relatam o acumulo de diferentes atividades, sendo que a maior parte exerce funções de coordenação e docência em mais de um local/turma. No processo analítico foram apreendidas unidades de contexto e registro que permitiram a construção de categorias referentes aos eixos orientadores Motivações, Formar em Saúde, Docência em Saúde, Pontos Fortes, Fragilidades e Possibilidades. Emergiram como pontos convergentes nas categorias analisadas: a importância da formação In loco, valorização do trabalho docente em detrimento da supervalorização da pesquisa como métrica central da avaliação docente, a formação de cidadãos e profissionais para atuarem no SUS e a parceria entre universidade, serviço e comunidade como pilar fundamental para o desenvolvimento de projetos que tenham como objetivo a reorientação da formação em saúde nos diferentes espaços e para diferentes atores. Conclusões: Os docentes que atuam no PRÓ-SAÚDE/PET-SAÚDE acreditam que para haver uma efetiva transformação são necessárias mudanças curriculares e institucionais que envolvam questões referentes ao modo como os discentes são formados, condições de trabalho e valorização do compromisso com a formação em/para a saúde no âmbito de suas carreiras. As políticas indutoras seriam, desta forma, meios para promoção de uma formação ampla, privilegiando todos aqueles que, envolvidos com o processo, formam e estão em processo de formação.
Assunto políticas de educação superior
docentes
saúde
educação superior
ensino
Idioma Português
Data 2015-04-27
Publicado em SANTOS, Geovannia Mendonca dos. Pró-saúde e pet-saúde: as políticas indutoras e suas repercussões para e na formação docente em saúde. 2015. 132 f. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Santos, 2015.
Linha de pesquisa Interdisciplinar
Área de concentração Multidisciplinar
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 132 p.
Fonte https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2724237
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48820

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)