Maioridade civil e maioridade sanitária dos adolescentes no acesso aos serviços de saúde sexual do município de Ribeirão Pires

Maioridade civil e maioridade sanitária dos adolescentes no acesso aos serviços de saúde sexual do município de Ribeirão Pires

Autor Sriubas, Daniela Sakumoto Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Goldenberg, Paulete Goldenberg Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Saúde Coletiva
Resumo Objetivo: O estudo teve como objetivo caracterizar o acesso de adolescentes aos serviços ambulatoriais de ginecologia por referência ao exercício da autonomia, em instituições públicas e privadas do município de Ribeirão Pires. Métodos: Foi realizado estudo descritivo de corte transversal envolvendo abordagem qualitativa e quantitativa. Foram mapeados os serviços ambulatoriais de ginecologia que atendiam adolescentes e levantadas suas normas internas permitindo a caracterização do atendimento de adolescentes desacompanhados sob o prisma da maioridade civil e da maioridade sanitária. Também foram realizadas entrevistas junto aos profissionais envolvidos no atendimento aos adolescentes sobre os requerimentos e práticas em torno da autonomia a estes conferida no âmbito do acesso aos serviços em questão. Resultados: O município possui 9 Unidades Básicas de Saúde e 11 instituições privadas que realizam atendimento ginecológico ambulatorial a adolescentes. A maioria das instituições atende adolescentes apenas se acompanhados dos responsáveis e não possui regulamentação escrita que faça menção à questão, restando efetivas as regulamentações verbais. Quanto aos profissionais, a maioria concebe adolescência através do critério etário e realiza atendimento a adolescentes desacompanhados dos responsáveis, mas desconhece os parâmetros e legislações que norteiam o atendimento desses sujeitos. Conclusões: Do ponto de vista institucional, em relação ao atendimento a adolescentes desacompanhados prevaleceram os limites impostos pela maioridade civil. Em relação ao posicionamento dos profissionais prevaleceu a maioridade sanitária.
Assunto maioridade civil e maioridade sanitária dos adolescentes no acesso aos serviços de saúde sexual do município de ribeirão pires
Idioma Português
Data 2014-08-26
Publicado em SRIUBAS, Daniela Sakumoto. Maioridade civil e maioridade sanitária dos adolescentes no acesso aos serviços de saúde sexual do município de Ribeirão Pires. 2014. 142 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
Linha de pesquisa Saúde coletiva
Área de concentração Ciências da saúde
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 142 p.
Fonte https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1525309
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48679

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)