Análise de parâmetros reprodutivos masculinos em modelo animal de mucopolissacaridose do tipo i (mps i)

Análise de parâmetros reprodutivos masculinos em modelo animal de mucopolissacaridose do tipo i (mps i)

Author Nascimento, Cinthia Castro do Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Almeida, Vania D Almeida Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Interdisciplinar em Ciências da Saúde
Abstract Mucopolysaccharidosis Type I (MPS I) is an autosomal recessive disorder characterized by accumulation of glycosaminoglycan (GAGs) as a consequence of deficiency or absence of α-L-iduronidase. The unsuited accumulation of GAGs interferes in signaling procedures and results in multisystemic and progressive symptoms. Many researchers indicate that the reproductive system is susceptible to exogenous and endogenous factors such as drugs, pollutants and metabolic imbalance generated from genetic disorders. Furthermore, several studies demonstrate the widespread damage of MPS I both in humans and in animal models. However, until the present moment, there is a lack of studies focused on the male reproductive tract associated with MPS I. Objective: To evaluate the effects of MPS I on male reproductive parameters in mice, in two phases of life. Methods: C57BL/6 mice were arranged into 4 groups, according to genotype (Idua+/+ or Idua-/-) and age (3 or 6 months). Biometric parameters (testicular, epididymal and glandular relative weights) were obtained through analytical balance; daily sperm production (DSP) and spermatic transit time (STT) were stimated in hemocytometer chamber; spermatic morphological alterations were observed in optical microscope; testicular tubular sections were made for histopathological and histomorphometric analyzes. Plasmatic testosterone was measured by chemiluminescence. The statistical analysis used One-way ANOVA with Duncan’s posthoc test or Kruskal-Wallis with Dunn’s post-hoc test, according to the distribution and homogeneity of data, calculated through Shapyro-Wilk and Levene’s tests, respectively. The level of significance was set at ≤0.05. Results: glandular relative weights were lower in Idua-/-, when compared to same age Idua+/+; testicular relative weight, plasmatic testosterone levels and frequency of gametic loose heads and tails were higher in Idua-/- 3m compared to Idua+/+ 3m; DSP was lower in Idua-/- 6m compared to Idua+/+ 6m and STT in caput-corpus epididymal portion was higher in Idua-/- 6m compared to Idua+/+ 6m; epididymal relative weights, the frequency of abnormal morphological sperm and histomorphometric parameters have not differed among genotypes. Pathological signs were encountered in tubular and in interstitial compartment of some animals. Conclusion: the results suggest that GAGs accumulation leads to reduction of accessory glands weight and to a lower efficiency in sperm production, especially on 6-month-old affected mice, which indicates that effects of MPS I may intensify with disease progression.

A mucopolissacaridose do tipo I (MPS I) é uma doença autossômica recessiva decorrente da deficiência ou ausência da enzima α-L-iduronidase, responsável pela degradação de glicosaminoglicanos (GAGs). O acúmulo desses substratos interfere em processos de sinalização celular e acarreta consequências multissistêmicas e progressivas. Muitos estudos evidenciam a fragilidade do sistema reprodutor tanto a fatores exógenos, como drogas e poluentes, quanto endógenos, como desequilíbrios metabólicos desencadeados por doenças genéticas. Muitos são os trabalhos que descrevem as manifestações resultantes da MPS I, porém, até o presente momento, pouco se sabe sobre a susceptibilidade do sistema reprodutor masculino diante da doença. Objetivo: avaliar as consequências da MPS I sobre parâmetros reprodutivos masculinos de camundongos em duas fases da vida. Métodos: camundongos C57BL/6 foram distribuídos em 4 grupos conforme o genótipo (Idua+/+ ou Idua-/-) e a idade (3 ou 6 meses). Parâmetros biométricos (pesos relativos) testiculares, epididimários e glandulares foram obtidos mediante balança analítica; a produção diária de espermatozoides (PDE) e o tempo de trânsito espermático (TTE) foram estimados por contagem em câmara hemocitométrica; alterações morfológicas dos gametas armazenados na cauda do epidídimo foram observadas por microscopia óptica; secções tubulares dos testículos foram confeccionadas para a análise histopatológica e histomorfométrica. Foi realizada a dosagem de testosterona plasmática por quimioluminescência. A análise estatística contou com os testes ANOVA de uma via com pós-teste de Duncan ou Kruskal-Wallis com pós-teste de Dunn, conforme a distribuição e homogeneidade dos dados, avaliadas pelos testes Shapiro-Wilk e Levene, respectivamente. O nível de significância atribuído foi ≤0,05. Resultados: os pesos relativos das glândulas foram menores nos grupos Idua-/- comparados aos Idua+/+ de mesma idade; o percentual de cabeças e caudas soltas nos gametas, o peso relativo testicular e a concentração de testosterona plasmática foram maiores nos grupos Idua-/3m em relação ao Idua+/+ 3m; a PDE foi menor Idua-/- 6m comparado ao Idua+/+ 6m, enquanto o TTE na porção cabeça-corpo do epidídimo foi maior entre os mesmos grupos; sinais patológicos foram encontrados nos túbulos seminíferos e compartimento intersticial de alguns animais; pesos relativos epididimários, percentual de espermatozoides morfologicamente anormais e parâmetros histomorfométricos não diferiram entre os genótipos. Conclusões: os resultados encontrados sugerem que o acúmulo indevido de GAGs leva à redução do peso de glândulas acessórias e à menor eficiência da produção espermática, principalmente nos animais de 6 meses, evidenciando as consequências da MPS I com o progredir da doença.
Keywords espermatogênese
mucopolissacaridose
testículo
epidídimo
histopatologia
Language Portuguese
Date 2013-01-30
Published in NASCIMENTO, Cinthia Castro do. Análise de parâmetros reprodutivos masculinos em modelo animal de mucopolissacaridose do tipo i (mps i). 2013. 65 f. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Santos, 2013.
Research area Interdisciplinar
Knowledge area Multidisciplinar
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 65 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=98523
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48440

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account