Estudos dos mecanimos de ação envolvidos na atividade antimicrobiana da crotamina

Estudos dos mecanimos de ação envolvidos na atividade antimicrobiana da crotamina

Author Costa, Bruno Andrade Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Hayashi, Mirian Akemi Furuie Hayashi Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Ciências Biológicas (Biologia Molecular)
Abstract A crotamina é uma miotoxina polipeptídica composta por 42 resíduos de aminoácidos, encontrado na peçonha de algumas espécies de cascavel sulamericana Crofalus durissus ferrificus. A crotamina apresenta o mesmo número e padrão de distribuição de ligações de dissulfeto observados nas f1-defensinas umanas, que são peptídeos antimicrobianos encontrados principalmente na epiderme e que atuam como a primeira barreira contra a invasão de mieroorganismos exógenos. Estudos anteriores do grupo demonstraram a atividctde antimicrobiana da crotamina, sendo observada uma atividade antifúngica mais marcante comparada com a antibacteriana, nas condições testadas, por método de microdiluição em placa. O objetivo do presente trabalho visa avaliar a atividade antimicrobiana da crotamina ·segundo o teste de sensibilidade microbiana descrito no manual do CLSI' (Clinical and Laboratory Standards Institute). A atividade da crotamina em biofilmes de Candida spp., e a sua capacidade de permeabilizar membranas miméticas utilizando vesículas lipídicas (LUVs - do inglês, "Large Unilamelar Vesicles) também foram avaliadas. Nas condições preconizadas pelo CLSI, não se observou inibição do crescimento microbiano das linhagens testadas, incluindo as várias cepas de bactérias e leveduras, para as concentrações de crotamina [0,02 a 10,00 j..JM] testadas. Nos ensaios de atividade em biofilmes de Candida spp., uma limitada atividade antifúngica contra o biofilme de Candida krusei ATCC 6258 foi observada na presença de 5 e 10 j..JM de crotamina. A permeabilização de membranas miméticas foi avaliada em üpossomas formadas por POPG (1- palmitoil-2-0Ieoil-sn-glicero-3-fosfoglicerol) e POPC (t-palmitoit.ê-oleoit-snglicero- 3-fosfocolina), na proporção de 30 e 50 mol% de POPG em POPC, e 100 mol% de POPC. A permeabilização destas membranas de POPG em POPC na proporção de 30 e 50 mol% promovido pela crotamina foi observado pelo aumento da fluorescência. A importância da interação entre as cargas positivas da crotamina com as cargas negativas dos lipossomas foi sugerida, já que a membrana dos lipossomas sem carga (POPC 100 mol%) não foram permeabilizados pela crotamina mesmo em concentrações maiores (10 a 80 j..JM). Nossos resultados não permitiram determinar o(s) mecanismo(s) molecular(es) envolvidos na atividade antifúngica e antimicrobiana da crotamina. No entanto, foi possível demonstrar a potencial atividade da crotamina em biofilme de Candida krusei e a sua maior afinidade pelas membranas lipídicas com cargas negativas, que pode estar relacionada com a maior atividade da crotamina sobre os fungos, pois estes sabidamente apresentam uma composição lipídica mais aniônica.
Keywords crofalus durissus terrificus
crotamina
atividade antimicrobiana
membranas lipídicas
biofilme
Language Portuguese
Date 2014-02-26
Published in COSTA, Bruno Andrade. Estudos dos mecanimos de ação envolvidos na atividade antimicrobiana da crotamina. 2014. 62 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
Research area Bioquímica
Knowledge area Ciências biológicas
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 62 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=313498
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48315

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account