Entre o técnico e o humano: vivências e questionamentos de farmacêuticos hospitalares da cidade de São Paulo através de narrativas de história oral de vida

Entre o técnico e o humano: vivências e questionamentos de farmacêuticos hospitalares da cidade de São Paulo através de narrativas de história oral de vida

Author Rossello, Gabriel Barreto Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Gallian, Dante Marcello Claramonte Gallian Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Saúde Coletiva
Abstract The Clinical pharmacist is a professional who aims to take care of drug therapy of patients in hospital environments. This work aimed to raise a discussion on the actuality of these professionals working in the area of the Pharmacy Service in hospitals of São Paulo city; understanding their place in the current context of health care, their expectations and demands. A qualitative study was developed based on the Oral History of life as appropriate methodological approach to achieve our goals. We conducted seven interviews, which followed a set of procedures required by Oral History: recording of interviews; preparation of the written document: transcript and narrative creation; conference and written document validation; analysis and return of the final product. In this way, through open interviews made to professionals of hospital pharmacy service, data has been generated that subsequently underwent analysis based on the phenomenological model of immersion and crystallization. Through the life history of employees it was possible to identify the following issues: the difficulty in choosing the pharmaceutical profession; the important questions about the current educational models; why pharmaceutical care presents itself as an attractive alternative although the implementation and consolidation in the public health system is difficult, and finally, how the hospital pharmacist has conquered space in hospitals. These findings have given space to approach the discussion on the humanization and the dehumanization as a theme emerging in the profession. The results obtained are of great importance to rethink the educational approaches and the implementation of public policies involving the insertion of pharmacists in hospital health care.

O Farmacêutico Hospitalar é um profissional que visa cuidar da terapia medicamentosa dos pacientes em ambientes hospitalares. Este trabalho teve como objetivo abordar uma discussão sobre a atualidade destes profissionais que trabalham na área da farmácia hospitalar em São Paulo; entender seu lugar no atual contexto de atenção à saúde, suas expectativas e reivindicações. Foi desenvolvido um estudo qualitativo fundamentado na História Oral de Vida como abordagem metodológica apropriada para atingir nossos objetivos. Realizamos sete entrevistas, as quais seguiram um conjunto de procedimentos exigidos pela História Oral: gravação das entrevistas; confecção do documento escrito: transcrição, textualização e transcriação; conferência e validação do documento escrito; análise e devolução do produto final. Desta forma, por intermédio de entrevistas abertas feitas a profissionais de farmácia hospitalar foram gerados os dados que posteriormente submeteram-se a análise baseada no modelo fenomenológico de imersão e cristalização. Através das histórias de vida dos colaboradores foi possível identificar os seguintes temas: a dificuldade da escolha pela profissão farmacêutica; que a classe farmacêutica tem questionamentos importantes dos modelos educativos atuais; que a atenção farmacêutica apresenta-se como uma alternativa atraente, embora a implementação e a consolidação no Sistema Único de Saúde seja dificultosa, e por fim, observou-se que farmacêutico hospitalar tem conquistado espaço nos hospitais, mas precisa desenvolver ainda mais sua presença com pacientes para proporcionar benefícios à saúde da população. Esses achados deram espaço para abordar a discussão sobre a humanização e a desumanização como um tema emergente na profissão . Os resultados obtidos são de grande importância para se repensar as abordagens educacionais e a implementação de políticas públicas que envolvem a inserção dos farmacêuticos na atenção à saúde hospitalar.
Keywords pharmaceutical
qualitative research
narratives
hospital pharmacy service
farmacêuticos
pesquisa qualitativa
narrativas
serviço de farmácia hospitalar
Language Portuguese
Date 2015-05-08
Published in ROSSELLO, Gabriel Barreto. Entre o técnico e o humano: vivências e questionamentos de farmacêuticos hospitalares da cidade de São Paulo através de narrativas de história oral de vida. 2015. 112 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
Research area Saúde coletiva
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 112 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2881799
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47549

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account