Tradução e validação para a língua portuguesa do Brasil da escala de avaliação de dor face, legs, activity, cry, consolability revised (flaccr) em crianças com paralisia cerebral

Tradução e validação para a língua portuguesa do Brasil da escala de avaliação de dor face, legs, activity, cry, consolability revised (flaccr) em crianças com paralisia cerebral

Author Bussotti, Edna Aparecida Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Pedreira, Mavilde da Luz Goncalves Pedreira Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Enfermagem
Abstract The assessment of pain in children with neurologic impairments as cerebral palsy (CP) is a complex process. Moreover, the utilization of tools designed and validated to measure pain can improve the care process of children unable to report pain as wells as its intensity. Aims: To translate to Brazilian Portuguese language and to develop cultural adaptation of the scale Face, Legs, Activity, Cry, Consolability revised (FLACCr). To verify the reliability and validity of FLACCr in the assessment of pain in children with CP. Methods: Methodological study carried on after ethical merits approval to translation, back translation and cultural adaptation of FLACCr scale through Delphi technique. Five judges participated in the translation phase and thirty experts in the cultural equivalence assessment. In order to obtain concordance it was established an ratio of 80% or more. To verify the psychometric properties of the final version of FLACCr scale were assessed the reliability, determined by the stability, internal consistency and objectivity among evaluators; the construct validity and the criteria validity. Data were collected from February to December of 2014 in a center of rehabilitation in Sao Paulo. In order to perform clinical validation a sample of 42 children was calculated, and 46 children were evaluated during potential acute pain procedure, the anesthetic infiltration for dental treatment, in two different moments: time zero (T0), before infiltration and time one (T1) during infiltration. Children´s families assessed the child using the Visual Analogue Scale (VAS) 0-10. Four observers evaluated the children by video using the FLACCr scale and these observer, 15 days after the first evaluation, performed a second evaluation in order to determine the instrument stability. Data were analyzed by descriptive and inferential statistics with a significance level set as p0.05. Results: Three cycles of Delphi technique were necessary to obtain judges consensus to translation. The consensus for the five categories was: Face 95.5%; Legs 90,0%; Activity 94.4%; Cry 94.4%, and Consolability 99.4%. In order to determine the stability of the instrument, it was performed the test-retest which correlation coefficient was 0.854 for all observes at T0 and 0.879 at T1. The internal consistency resulted in a high concordance among FLACCr items to all observers at T0 with a Cronbach´s alpha of 0.86 and 0.9 at T1. The equivalence was obtained using the inter-rater reliability with a low concordance at T0 (0,42) and high concordance at T1 (0.72). Construct validity was measured by the difference between T1-T0, with results different from zero for each observer, for all observers and for the family (p<0.001). Criteria validity result from the comparison between VAS ministered by family and FLACCr utilized by the observers with no correlation observed between the two scales. Conclusion: The FLACCr was translated to Brazilian Portuguese language with consensus in the cultural adaptation and validity evidenced by confiability in the psychometric properties of the FLACCr scale to assess pain in children with CP.

Identificar a dor na criança com distúrbios neurológicos como a paralisia cerebral (PC) é um processo complexo. O uso de instrumentos elaborados e validados para mensurar a dor pode promover melhora no processo de cuidado de crianças incapazes de verbalizar a presença e intensidade da dor. Objetivos: Realizar a tradução para a língua portuguesa do Brasil e adaptação cultural da escala de avaliação de dor Face, Legs, Activity, Cry, Consolability revised (FLACCr). Verificar a confiabilidade e validade da escala de avaliação de dor FLACCr em crianças com PC. Material e Método: Trata-se de um estudo de desenvolvimento metodológico. Após a aprovação do mérito ético do estudo, procedeu-se à avaliação da tradução e retrotradução da escala e da equivalência cultural por meio da técnica de Delphi. Participaram do consenso da tradução cinco juízes e da equivalência cultural para verificar a clareza da tradução, 30 especialistas. O consenso foi obtido a partir de concordância igual ou maior a 80%. Os métodos utilizados para verificar as propriedades psicométricas da versão em português foram a confiabilidade, determinada pela estabilidade, consistência interna e equivalência interavaliadores, a validade de construto e a validade de critério. Os dados foram coletados no período de fevereiro a dezembro de 2014 em uma instituição especializada em reabilitação da cidade de São Paulo. Para a validação clínica foi calculada amostra de 42 crianças, contudo foram estudadas 46 crianças que realizaram o procedimento gerador de dor aguda, a infiltração anestésica para tratamento odontológico. As crianças foram avaliadas por quatro observadores e pela família, em dois momentos distintos, antes da infiltração anestésica, denominado como tempo zero (T0) e durante a infiltração anestésica, o tempo um (T1). A família avaliou presencialmente a criança nos momentos T0 e T1 utilizando uma escala analógica visual (EAV) zero a 10. Os quatro observadores, por meio de vídeos, avaliaram a criança e aplicaram a escala FLACCr nos mesmos momentos, sendo que 15 dias após, realizaram uma segunda avaliação, para verificar a estabilidade do instrumento. Os dados foram analisados por estatística descritiva e inferencial, fixando-se o nível de significância com o p≤0,05. Resultados: Foram necessários três ciclos da técnica de Delphi para alcance do consenso da tradução entre os juízes. A concordância obtida nas cinco categorias da escala foi: Face 95,5%; Pernas 90,0%; Atividade 94,4%; Choro 94,4% e Consolabilidade 99,4%.Para determinar a estabilidade do instrumento foi realizado o teste-reteste, sendo de 0,854 o coeficiente de correlação intraclasse para todos os observadores no T0 e de 0,879 para todos os observadores no T1. A escala apresentou boa consistência interna, foi verificada alta concordância entre os observadores em todos os itens da FLACCr no T0 (alfa de Cronbach de 0,86) e em T1 (alfa de Cronbach de 0,90). A equivalência foi medida segundo a confiabilidade interavaliadores, obtendo-se resultados de baixa concordância em T0 (0,42) e alta em T1 (0,72). A validade de construto foi medida pela diferença dos escores obtidos em cada criança entre os momentos T1 e T0, sendo os resultados diferentes de zero para cada observador, para todos os observadores e para a família(p<0,001). A validade de critério foi estudada por meio da comparação entre a aplicação da EAV pela família e da FLACCr pelos observadores, não sendo identificada correlação entre as escalas utilizadas. Conclusão: A escala FLACCr foi traduzida para a língua portuguesa do Brasil, alcançando-se consenso na adaptação cultural e obtendo-se resultados de validação que evidenciam a confiabilidade das propriedades psicométricas da FLACCr para avaliação de dor em crianças com PC.
Keywords pain
cerebral palsy
pediatric nursing
validation studies
dor
paralisia cerebral
enfermagem pediátrica
estudos de validação
Language Portuguese
Date 1905-07-07
Published in BUSSOTTI, Edna Aparecida. Tradução e validação para a língua portuguesa do Brasil da escala de avaliação de dor face, legs, activity, cry, consolability revised (flaccr) em crianças com paralisia cerebral. 2015. 198 f. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
Research area Enfermagem
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 198 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3135100
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47498

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account