Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46932
Title: Práticas educativas em saúde: a concretude do trabalho dos enfermeiros da estratégia de saúde da família
Authors: Tanaka, Luiza Hiromi Tanaka [UNIFESP]
Ramos, Carlos Frank Viga [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Keywords: health education
public health
family health
community health in nursing
educação em saúde
saúde coletiva
saúde da família
enfermagem em saúde comunitária
Issue Date: 6-Jul-1905
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: RAMOS, Carlos Frank Viga. Práticas educativas em saúde: a concretude do trabalho dos enfermeiros da estratégia de saúde da família. 2014. 202 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
Abstract: The study object was about practices of health education carried out by the nurses of Family Health Strategy. Objectives: intended to understand the meaning of education practices in the process of healthdisease, identify possible facilitating and inhibiting factors in order to implementation these practices, from the nurses’ perspective from the Family Health Units (USF) and collectively construct, proposals for the implementation of educational practices in health with the nurses of USF. Methodology: This qualitative research was developed through action-research, approach, performed in 12 USF of the urban area of Cruzeiro do Sul city ( Acre-Brasil ). The data collection was carried out in two phases, the first being by means of semi-structured interviews with 12 nurses. In the second phase it was used the Focal Group (GF) technique with 12 nurses. Three meetings were held, each with one hour and thirty minutes, where the coordinator was the own researcher and the observer a nurse professor of Federal University of Acre (UFAC). Review and Results: The technique of data analysis was based on the content analysis from a thematic approach. It was resulted five thematic units: 1- Dichotomy between the knowing and the doing, 2- Educational practices of nurses in the ESF having as determiner of the process health-disease,3- Strategies for teaching and learning in the nurses’ quotidian, 4- Proposals for the improvement of educational actions, 5- Attention to Man`s Health. Discussion: From the nurses' perspective employees, the educational practice in the process of healthdisease is important to ensure that health promotion and prevention for diseases carried out through educational strategies in group, regular home visits, guidelines on orientations and innovative educational practices with the participation of the community. However, the nurses showed difficulties to implement them due to the high demand in the unit, also there is an insufficiency of the structure in order to perform these practices, lack of professional qualification and autonomy regarding the process of planning work. The nurses carry out educational activities focusing on demand of community’s health problems, home visits directed to patients affected by diseases that prevents their dislocation to the unit and nursing consultations predominantly prenatal and Preventive examination of the Cervix (PCCU). The Man Health Policy was highlighted by a short effective and needs improvement of educational action. Final Considerations: The participation of nurses in GF gave a reflection about the educational practices in the healthdisease process and care. They constructed proposals to facilitate educational activities in their units, driven-health-disease process and the necessity for the support of the management from ESF at Cruzeiro do Sul and UFAC. The results of this study were discussed with the nurses from the urban and rural that confirmed the reliability of the data presented, together with the municipal health administrators and the representative of UFAC by the own researcher.
O objeto estudado foi sobre as práticas de educação em saúde realizadas pelos enfermeiros da Estratégia de Saúde da Família (ESF). Objetivos: compreender o significado das práticas de educação no processo de saúde-doença, identificar possíveis fatores facilitadores ou dificultadores à realização destas práticas, na perspectiva dos enfermeiros das Unidades de Saúde da Família (USF), e construir coletivamente propostas para a realização de práticas educativas em saúde com os enfermeiros da USF. Metodologia: pesquisa de abordagem qualitativa foi desenvolvida pelo método da pesquisaação, realizada em 11 USF da zona urbana do Município de Cruzeiro do Sul (Acre-Brasil). A coleta de dados se deu em duas fases, sendo a primeira por meio de entrevista semiestruturada, com 12 enfermeiros. Na segunda fase, pela técnica de Grupo Focal (GF) com 12 enfermeiros. Foram realizados três encontros, cada um com duração de uma hora e trinta minutos, sendo coordenador o próprio pesquisador e a observadora uma enfermeira docente da Universidade Federal do Acre (UFAC). Análise e Resultados: A técnica de análise dos dados teve como base a análise de conteúdo, na abordagem temática. Resultaram cinco unidades temáticas: 1- Dicotomia entre o saber e o fazer; 2- Práticas educativas do enfermeiro na ESF tendo como determinante o processo saúde-doença; 3- Estratégias para ensino e aprendizagem no cotidiano do enfermeiro; 4- Propostas para melhoria das ações educativas; e 5- Atenção à Saúde do Homem. Discussão: na perspectiva dos enfermeiros colaboradores, a prática educativa no processo de saúde-doença é importante para garantir a promoção à saúde e prevenção a doenças a ser realizada por meio de estratégias educativas grupais, visitas domiciliares regulares, orientações nas consultas e práticas educativas inovadoras com a participação da comunidade. No entanto, os enfermeiros mostraram dificuldades de implementá-las devido à alta demanda de atendimento na unidade, falta de estrutura para realizar essas práticas, falta de qualificação profissional e autonomia diante do processo de organização do trabalho. Os enfermeiros realizam ações educativas centradas na demanda dos problemas de saúde da comunidade, visitas domiciliares direcionadas aos pacientes acometidos por doenças que impossibilitam o seu deslocamento até a unidade e consultas de enfermagem, predominantemente pré-natal e exame Preventivo do Colo Uterino (PCCU). O Programa de Atenção à Saúde do Homem foi destacado por ser pouco efetivo e necessita melhoria da ação educativa. Considerações finais: A participação dos enfermeiros no GF proporcionou a reflexão sobre as práticas educativas no processo saúde-doença e cuidado. Foram construídas propostas para viabilizar ações educativas em suas unidades, voltadas para o processo saúde-doença e da necessidade do apoio da gestão da ESF do município e da UFAC. Os resultados deste estudo foram discutidos com os enfermeiros da zona urbana e rural, que confirmaram a fidedignidade dos dados apresentados, juntamente com o gestor municipal e a representação da UFAC na figura do próprio pesquisador.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46932
Other Identifiers: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2225782
Appears in Collections:Dissertação de mestrado

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.