Estudo químico e avaliação da atividade antimicrobiana dos óleos essenciais extraidos das especies Pimenta dioica (Myrtaceae) e Chenopodium ambrosioides (Amaranthaceae)

Estudo químico e avaliação da atividade antimicrobiana dos óleos essenciais extraidos das especies Pimenta dioica (Myrtaceae) e Chenopodium ambrosioides (Amaranthaceae)

Author Phanord, Clerlune Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Sartorelli, Patricia Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Biologia Química
Abstract Currently infectious diseases remain one of the most serious public health problems and have caused many deaths. According to OMS, infectious diseases caused 14.7 million deaths in 2001, or 26% of total world mortality. Since the discovery of penicillin by Alexander Fleming in 1928, many antibiotics are available in pharmacies, but despite the existence of these antibiotics, infectious diseases, instead of being completely eradicated are reappearing and also new infectious diseases have emerged. The causes of this problem are diverse: there are few specific antibiotics available, the treatment is very expensive, and the most disturbing: the microorganisms are increasingly resistant to antibiotics. Therefore, as a contribution to the discovery of new antibiotics, this study aimed to find new substances that might be prototypes of antimicrobial drugs, or at least an effective and low cost to fight these pathogens. Thus, the chemical study was proposed of the essential oils of the species Pimenta dioica (Myrtaceae) and Chenopodium ambrosioides (Amaranthaceae), and the evaluation of antimicrobial activity against various strains of bacteria and yeast. The majority of essential oil compounds of P. dioica were phenylpropanoids eugenol and chavicol beyond monoterpene myrcene, whereas for C. ambrosioides were monoterpenes: ascaridol and terpinene. Regarding the antimicrobial activity, the tested strains showed sensitivity to the essential oil of P. dioica and the isolated compound eugenol, except for Pseudomonas aeruginosa. The MIC90 for both ranged from 0.25 mg/mL for E. faecalis and 1 mg/mL for all tested bacteria. The same concentration was valid for the of essential oil of P. dioica and eugenol. Only for tested Cryptococcus sp. showed sensitivity of 0.5 mg/mL to MIC90. With respect to C. ambrosioides essential oil and the main component ascaridol, the two were active only for E. coli with MIC90 of 2 mg/mL. Regarding the tested fungal strains, C. ambrosioides essential oil and monoterpene ascaridol were active for all strains tested. The MIC90 for crude oil C. ambrosioides was 0.25 mg/mL for all tested candidas, and in C. albicans theresult was positive at 0.50 mg/mL, and tested for Cryptococcus. The ascaridol showed MIC90 of 0.25 mg/mL for all the lines candidas except in C. Krusi which was 0.5 mg/mL, and in the case of Cryptococcus the MIC90 was 1 mg/mL.

Atualmente as doenças infecciosas continuam sendo um dos mais sérios problemas de saúde pública e têm causado muitas mortes. Segundo a OMS, as doenças infecciosas causaram 14,7 milhões de mortes em 2001, ou 26% da mortalidade mundial total. Desde a descoberta da penicilina por Alexander Fleming em 1928, muitos antibióticos estão disponíveis em farmácias, porém apesar da existência desses antibióticos, as doenças infecciosas, em vez de ser completamente erradicadas estão reaparecendo e também novas doenças infecciosas vêm surgindo. As causas deste problema são diversas: existem poucos antibióticos específicos disponíveis, o tratamento custa muito caro, e o mais preocupante: os microrganismos estão cada vez mais resistentes aos antibióticos. Por isso, como contribuição para a descoberta de novos antibióticos, o presente estudo teve por objetivo encontrar novas substâncias que possam ser protótipos de fármacos antimicrobianos, ou, pelo menos, um meio eficaz e de baixo custo para combater estes patógenos. Desta forma, foi proposto o estudo químico dos óleos essenciais das espécies Pimenta dioica (Myrtaceae) e Chenopodium ambrosioides (Amaranthaceae), bem como a avaliação da atividade antimicrobiana frente a várias linhagens de bactérias e leveduras. Os compostos majoritários do óleo essencial de P. dioica foram os fenilpropanóides eugenol e chavicol além do monoterpeno mirceno, enquanto que para C. ambrosioides foram os monoterpenos ascaridol e terpineno. Com relação à atividade antimicrobiana, as linhagens testadas apresentaram sensibilidade para o óleo essencial de P. dioica e para o composto isolado eugenol, exceto para Pseudomonas aeruginosa. O CIM90 para os dois óleos variou de 0,25 mg/mL para Enterococcus faecalis e 1mg/mL para todas as bactérias testadas. A mesma concentração foi válida para o óleo essencial de P. dioica e para eugenol, sendo que para eugenol, só os Cryptococcus testados apresentaram sensibilidade de 0,5 mg/mL para o CIM90. Com relação ao óleo de C.ambrosioidese do componente principal ascaridol, os dois foram ativos só pra E.coli, com CIM90 de 2 mg/mL. Com relação às linhagens de fungos testados, o óleo de C. ambrosioides e o monoterpeno ascaridol foram ativos para todas as linhagens testadas. O CIM90 para ó óleo bruto de C. ambrosioides foi de 0,25 mg/mL para todas as candidas testadas, sendo que em C. albicans o resultado foi positivo em 0,50mg/mL, assim como para os Cryptococcus testados. O ascaridol apresentou CIM90 de 0,25 mg/mL para todas as linhagens de candidas, exceto em C. krusi que foi de 0,5mg/ml e no caso dos Cryptococcus, o CIM90 foi de 1mg/mL.
Keywords Dioic pepper
Chenopodium ambrosioides
Essential oil
Chemical constituents
Antimicrobial activity
Pimenta dioica
Chenopodium ambrosioides
Óleo essencial
Constituintes químicos
Atividade antimicrobiana
Language Portuguese
Date 2016-04-15
Published in PHANORD, Clerlune. Estudo químico e avaliação da atividade antimicrobiana dos óleos essenciais extraidos das especies Pimenta dioica (Myrtaceae) e Chenopodium ambrosioides (Amaranthaceae). 2016. 96 f. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Diadema, 2016.
Research area Biologia de Microorganismos e das Interações Celulares
Knowledge area Biologia Química
Publisher Universidade Federal de São Paulo
Extent 96 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=4059588
Access rights Open access Open Access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46650

Show full item record




File

Name: Dissertação Cler versão 06-04.pdf
Size: 2.368Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account