Angioplastia para trombose venosa profunda: revisão sistemática cochrane

Angioplastia para trombose venosa profunda: revisão sistemática cochrane

Author Flumignan, Ronald Luiz Gomes Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Silva, Jose Carlos Costa Baptista da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Saúde Baseada em Evidências
Abstract Objectives: To evaluate the effectiveness and safety of angioplasty (with or without stent) alone or more anticoagulation or more anticoagulation and thrombolysis in treating people with deep venous thrombosis, acute or chronic, through a Cochrane systematic review. Method: It was utilized the recommended Cochrane method. All randomized controlled trials that have examined angioplasty for deep venous thrombosis, along the lines of the objectives were considered. Searches were carried out in specialized register, the Cochrane Register of Studies and on the basis ?Literatura Latino Americana e do Caribe em Ciências da Saúde? e ?Indice Bibliográfico Español de Ciencias de la Salud?. References of the included studies were checked for other relevant studies. Experts, manufacturers and the authors of the included studies were contacted for any unpublished data. Participants who have received any form of mechanical thrombectomy were excluded. Two reviewers selected and extracted data from the studies independently. A third reviewer was consulted in case of disagreements. Results: Of the 12 pre-specified comparisons, only one [angioplasty (with or without stent) plus thrombolysis and best medical practice against best medical practice and thrombolysis] was identified for acute deep venous thrombosis. In both included studies (238 participants) thrombolysis was catheter-directed performed in the two groups: control and angioplasty. At 24 months, there was no difference in the incidence of venous thromboembolism and post-thrombotic syndrome. The most marked effects with angioplasty were seen in improving secondary patency (angioplasty group), which results in both periods early (12 months follow-up) and intermediate (24 months) showed significant differences. There were no cases of death or major bleeding and there was no difference in quality of life between the study arms (intermediate). The quality of the evidence, at 24 months of follow-up is moderate [lowered by indirectness (post-thrombotic syndrome) and imprecision (venous thromboembolism)]. Conclusions: This is the first systematic review of randomized controlled trials that with moderate-quality evidence suggests that angioplasty (with or without stent) offers potential advantages over standard treatment of deep venous thrombosis, through improved patency rate, without additional risk such as mortality, pulmonary embolism, major bleeding or recurrent DVT, even without significant improvement in quality of life and post-thrombotic syndrome in 24 months of follow-up.

Objetivos: Avaliar a efetividade e segurança da angioplastia (com ou sem stent) isoladamente ou mais anticoagulação ou mais anticoagulação e trombólise, no tratamento de pessoas com trombose venosa profunda, aguda ou crônica, através de uma revisão sistemática Cochrane. Método: Foi utilizado o método preconizado pela Cochrane. Todos os ensaios clínicos randomizados que examinaram angioplastia para trombose venosa profunda, nos moldes dos objetivos, foram considerados. Foram realizadas buscas no registro especializado, no Cochrane Register of Studies e nas bases ?Literatura Latino Americana e do Caribe em Ciências da Saúde? e Indice Bibliográfico Español de Ciencias de la Salud. Foram verificadas as bibliografias dos estudos incluídos para outras referências a estudos relevantes, contatados especialistas, fabricantes e os autores dos estudos incluídos para eventuais dados não publicados. Foram excluídos os participantes que tenham recebido qualquer forma de trombectomia mecânica. Dois revisores selecionaram e extraíram os dados dos estudos de forma independente. Um terceiro revisor foi consultado em caso de divergências. Resultados: Das 12 comparações pré-especificadas, apenas uma [angioplastia (com ou sem stent) e melhor prática médica e trombólise contra melhor prática médica e trombólise] foi identificada para trombose venosa profunda aguda. Em ambos os estudos incluídos (238 participantes) a trombólise foi dirigida por cateter e realizada nos dois grupos: controle e angioplastia. Aos 24 meses, não houve diferença na incidência de tromboembolismo venoso e na síndrome pós-trombótica. Os efeitos mais marcantes com angioplastia foram vistos na melhoria da patência secundária (grupo angioplastia), onde os resultados em ambos os períodos precoce (12 meses de seguimento) e intermediário (24 meses) mostraram diferenças significativas. Não houve casos de morte ou sangramento maior e não houve diferença na qualidade de vida entre os braços do estudo (intermediário). A qualidade das evidências, aos 24 meses de seguimento, é moderada [rebaixada por falta de franqueza das provas (síndrome pós-trombótica) e imprecisão (tromboembolismo venoso)]. Conclusões: Esta é a primeira revisão sistemática de ensaios clínicos randomizados que, com evidência de qualidade moderada, sugere que a angioplastia (com ou sem stent) oferece vantagens potenciais sobre o tratamento padrão de trombose venosa profunda, através da melhoria da taxa de patência, sem risco adicional como mortalidade, embolia pulmonar, sangramento maior ou trombose venosa profunda recorrente, mesmo sem melhora significativa na qualidade de vida e síndrome póstrombótica nos 24 meses de acompanhamento.
Keywords angioplasty
venous thrombosis
stents
review
meta-analysis
randomized controlled clinical trial
angioplastia
trombose venosa
stents
revisão
metanálise
ensaio clínico controlado aleatório
Language Portuguese
Date 2016-05-25
Published in FLUMIGNAN, Ronald Luiz Gomes. Angioplastia para trombose venosa profunda: revisão sistemática cochrane. 2016. 204 f. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 204 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=4448700
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46223

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account