Influência do treinamento muscular inspiratório sobre a hiperglicemia de jejum e parâmetros do sono em pessoas idosas - projeto epidoso

Mostrar registro simples

dc.contributor.advisor Lopes, Guiomar Silva Lopes [UNIFESP] pt
dc.contributor.author Silva, Mayra dos Santos [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2018-07-27T15:49:42Z
dc.date.available 2018-07-27T15:49:42Z
dc.date.issued 2014-11-27
dc.identifier https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1617648 pt
dc.identifier.citation SILVA, Mayra dos Santos. Influência do treinamento muscular inspiratório sobre a hiperglicemia de jejum e parâmetros do sono em pessoas idosas - projeto epidoso. 2014. 116 f. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46187
dc.description.abstract Introduction: Aging is associated with changes in glucose metabolism, with increased fasting glucose, whose progressive effects may lead to glucose intolerance and type 2 diabetes. Senescence is also accompanied by changes in sleep parameters including fragmentation and increased abnormal respiratory events (apneas / obstructive and central hypopneas) with nocturnal hypoxemia that may impair glucose metabolism and insulin. Physical activity plays an important role in increasing insulin sensitivity and quality of sleep. In resemblance to the physical activity, the respiratory muscles training has been shown to increase sensitivity to insulin, but its effects on sleep parameters has not been studied yet.Objective: Investigate the influence of inspiratory muscles training on fasting hyperglycemia and sleep parameters in elderly. Methodology: The study involved the participation of 38 elderly volunteers, aged between 60 to 85 years of both genders, with increased fasting glucose (100-125 mg / dl) and sleep disorders confirmed by polysomnography. In this study the Threshold®, a device used for inspiratory muscles training was used. Participants were randomized into two groups: control group (Threshold® unloaded) and experimental group (Threshold® loaded). The research lasted for eight weeks and the exercises were applied 7 times per week, lasting 60 minutes each session. Results: There was a decrease in blood glucose levels in the experimental group (p: 0.001), the arousal index (p: 0.002) and the apnea / hypopnea index (p: 0.001), suggesting that inspiratory muscle training induces improvement of hyperglycemia fasting as well as of the sleep apnea and sleep fragmentation. en
dc.description.abstract Introdução: O envelhecimento está associado à alteração do metabolismo da glicose, com aumento da glicemia de jejum, cujos efeitos progressivos podem levar a intolerância à glicose e diabetes tipo 2. A senescência também se acompanha de alterações nos parâmetros do sono incluindo fragmentação e aumento de eventos respiratórios anormais (apneias/hipopneias obstrutivas e centrais) com hipoxemia intermitente que podem prejudicar o metabolismo da glicose e insulina. A atividade física desempenha importante papel no aumento da sensibilidade à insulina e na qualidade do sono. Em semelhança à atividade física, o treinamento dos músculos respiratórios já foi demonstrado ser capaz de aumentar a sensibilidade à insulina, no entanto seu efeito sobre os parâmetros do sono não foi ainda estudado. Objetivo: Investigar a influência do treinamento muscular inspiratório sobre a hiperglicemia de jejum e os parâmetros do sono em idosos. Metodologia: O estudo envolveu a participação de 38 pessoas idosas voluntárias, com idades compreendidas entre 60 a 85 anos, de ambos os sexos, com aumento da glicemia de jejum (100 a 125 mg/dl) e alterações do sono confirmado pelo exame de polissonografia. Neste estudo foi utilizado o Threshold®, um aparelho de carga pressórica para treinamento da musculatura inspiratória. Os participantes foram randomizadas em dois grupos: grupo controle (Threshold® sem carga) e grupo experimental (Threshold® com carga). A pesquisa teve duração de 8 semanas e os exercícios foram aplicados 7 vezes por semana, com duração de 60 minutos. Resultados: Houve diminuição nos valores de glicemia no grupo experimental (p: 0,001), no índice de despertar (p: 0,002), no índice de apneia/hipopneia (p:0,001) e na dessaturação do sono REM e NREM (p:0,001), sugerindo que o treinamento muscular inspiratório induz melhora da hiperglicemia de jejum, da apneia do sono e fragmentação do sono. pt
dc.format.extent 116 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject aging en
dc.subject fasting hyperglycemia en
dc.subject sleep apnea en
dc.subject inspiratory training en
dc.subject envelhecimento pt
dc.subject hiperglicemia de jejum pt
dc.subject apneia do sono pt
dc.subject treinamento inspiratório pt
dc.title Influência do treinamento muscular inspiratório sobre a hiperglicemia de jejum e parâmetros do sono em pessoas idosas - projeto epidoso pt
dc.type Tese de doutorado
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt
dc.identifier.file 2014-0871.pdf
dc.description.source Dados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2013 a 2016)
unifesp.campus São Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM) pt
unifesp.graduateProgram Saúde Coletiva pt
unifesp.knowledgeArea Ciências da saúde pt
unifesp.researchArea Saúde coletiva pt



Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples