"O Naufrágio" (1805) de J. M. W. Turner : a paisagem em movimento e suas cores entre a terra e o mar

Show simple item record

dc.contributor.advisor Dias, Elaine Cristina [UNIFESP]
dc.contributor.author Silva, Elizabete Maria da [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2018-07-10T18:45:19Z
dc.date.available 2018-07-10T18:45:19Z
dc.date.issued 2018-04-02
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/11600/45832
dc.description.abstract A pintura “O Naufrágio” (“The Shipwreck”, 1805, TATE) do artista inglês J.M.W. Turner (1775-1851) dialoga com alguns desdobramentos coletivos da Inglaterra, na transição do século XVIII para o XIX, tais como o emergente nacionalismo, em resposta aos eventos pós-Revolução Francesa, e as propriedades de terras. Ao mesmo tempo, trata-se de uma experiência subjetiva de Turner, pois apresenta reminiscências dos registros visuais sobre a primeira viagem marítima entre os portos de Dover (Inglaterra) e Calais (França) e a visita ao Louvre. Dadas essas duas linhas interpretativas, “O Naufrágio” aparece como o resultado da assimilação de Turner quanto aos acontecimentos que presenciara. pt
dc.language.iso por pt
dc.rights Acesso aberto pt
dc.subject Pintura de paisagem pt
dc.subject Romantismo inglês pt
dc.subject Marinhas pt
dc.title "O Naufrágio" (1805) de J. M. W. Turner : a paisagem em movimento e suas cores entre a terra e o mar pt
dc.type Trabalho de conclusão de curso de graduação pt



File

Name: TCC (1).pdf
Size: 3.779Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account