Formação do pedagogo para atuar na classe hospitalar: desafios e perspectivas

Formação do pedagogo para atuar na classe hospitalar: desafios e perspectivas

Título alternativo Training of the pedagogue to act in the hospital class: challenges and perspectives
Autor Bonfim, Evandro Luiz Soares Google Scholar
Orientador Rossit, Rosana Aparecida Salvador Google Scholar
Pós-graduação Ensino em Ciências da Saúde – EPE
Resumo The Hospital Pedagogy is a branch into the Pedagogy field comprising the procedures needed for a long-term teaching for children and adolescents who are sick and hospitalized for a period exceeding 15 days. Praxis and specific teaching techniques are expected, which requires the formation of educators prepared to meet this demand. Although official documents report on the educator´s performance in different settings of the traditional classroom in regular schools, professional formation at the undergraduate level is still incipient to prepare this professional to work in hospital settings. This is a descriptive qualitative study, aiming to analyze the perception of educators in relation to the training received to work in hospital settings, challenges and perspectives. The project was approved by the Ethics Committee of UNIFESP under Opinion No. 1267627/2015. After visiting in loco to confirm the institutions that developed activities in hospital classes, the electronic addresses of 10 heads of the respective services were obtained. The positive feedback was received from nine hospitals. Among the18 educators contacted, eight professionals with training in pedagogy participated of the study. They all agreed with the terms of the research and they met criteria to work in hospital settings in the school attendance of children and adolescents in treatment of chronic diseases. Data collection was conducted through semi-structured interviews held in a place and time the participants chose, ensuring a quiet environment and with little outside interference. The interviews lasted an average 60 minutes, all recorded and transcribed in full immediately after the performance. After transcription of all interviews, data were analyzed in relation to content analysis in the thematic mode. Reading was performed to obtain the values implied in the statements; they all were organized into a summary table to identify the Context Units, Registration Units and categorization from the significances acquired from speaking. Two oriented nuclei were previously defined: "the role of the educator and the training to work in hospitals" and “proposals for the improvement of pedagogical practices in hospitals", of which eight categories and 31 subcategories emerged The results allowed to identify relevant aspects to act in a long-term teaching of children and adolescents in hospital, being possible to know, beyond the initial or continuing education, experiences of pedagogical praxis, the sensitivity of educators in hospital settings, their fears, anxieties, questions about the professional performance and the importance of this professional as part of health teams in hospitals. The educational product was developed with training strategies that may contribute to the education of educators to work in hospital settings, particularly in hospital classes

A Pedagogia Hospitalar é um ramo da pedagogia que compreende os procedimentos necessários à continuidade da escolarização para crianças e adolescentes que se encontram adoecidos e internados por período superior a 15 dias. Pressupõe-se práxis e técnicas pedagógicas específicas, o que requer a formação de pedagogos preparados para atender a esta demanda. Embora os documentos oficiais discorram sobre a atuação do pedagogo em ambientes diferentes do da sala de aula tradicional das escolas regulares, a formação profissional em nível de graduação ainda é incipiente para preparar o pedagogo para atuar em contextos hospitalares. A presente pesquisa, de caráter qualitativo descritivo, teve como objetivo analisar a percepção dos pedagogos em relação ao preparo recebido para atuar em contextos hospitalares, desafios e perspectivas. O projeto foi aprovação pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UNIFESP sob Parecer nº 1.267.627/2015. Após visita in-loco para confirmar as instituições que desenvolviam atividades em classes hospitalares, foram obtidos os endereços eletrônicos de 10 responsáveis dos respectivos serviços. O retorno positivo foi recebido de nove instituições hospitalares. Dos 18 pedagogos contatados, participaram do estudo oito profissionais com formação em pedagogia que concordaram com os termos da pesquisa e atenderam aos critérios de atuar em contextos hospitalares no atendimento escolar de crianças e adolescentes em tratamento de doenças crônicas. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista semiestruturada, realizada em local e horário de preferência dos participantes, garantindo um ambiente tranquilo, reservado e com pouca interferência externa. As entrevistas tiveram duração média de 60 minutos, foram gravadas e transcritas na íntegra, imediatamente após a realização. Após a transcrição de todas as entrevistas, os dados foram tratados com a análise de conteúdo, na modalidade temática. A leitura flutuante foi realizada para a impregnação dos significados implícitos nas falas, organizadas em quadro sinóptico para a identificação das Unidades de Contexto, Unidades de Registro e a categorização a partir dos significados abstraídos das falas. Dois núcleos direcionadores foram previamente definidos “o papel do pedagogo e o preparo para atuar no contexto hospitalar” e “sugestões para o aprimoramento das práticas pedagógicas no contexto hospitalar”, dos quais emergiram oito categorias e 31 subcategorias. Os resultados permitiram identificar aspectos relevantes para atuar na continuidade da escolarização de crianças e adolescentes no contexto hospitalar, sendo possível conhecer, para além da formação inicial ou continuada, as experiências na práxis pedagógica, a sensibilidade dos pedagogos nos contextos hospitalares, seus medos, ansiedades, dúvidas em relação a atuação profissional e a importância deste profissional como integrante das equipes de saúde dos hospitais. O produto educacional foi elaborado com estratégias formativas que possam contribuir para o preparo de pedagogos para a atuação em contextos hospitalares, em especial em classes hospitalares.
Assunto Pedagogia
Formação Profissional
Ensino
Hospitalização
Direitos da Criança
Pedagogy
Professional qualification
Teaching
Hospitalization
Rights of the Child
Idioma Português
Data 2016
Publicado em BONFIM, Evandro Luiz Soares. Formação do pedagogo para atuar na classe hospitalar: desafios e perspectivas. 2016. 168f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde) – Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2016.
Editor Universidade Federal de São Paulo
Extensão 168f.
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/11600/45793

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)