Avaliação do processo de implantação do programa Unplugged de Prevenção ao Uso de Drogas em escolas de São Paulo e Santa Catarina

Avaliação do processo de implantação do programa Unplugged de Prevenção ao Uso de Drogas em escolas de São Paulo e Santa Catarina

Título alternativo Process Evaluation of the Unplugged program to prevent drug use in schools in São Paulo and Santa Catarina
Autor Medeiros, Pollyanna Fausta Pimentel de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Dutenhefner, Zila Van Der Meer Sanchez Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Saúde Coletiva – EPM
Resumo Objective: To evaluate the implementation process of the Prevention Program Unplugged in middle schools (6th to 9th grade) of Florianópolis (SC), São Paulo and São Bernardo do Campo (SP); to analyze the implementation fidelity of program Unplugged according to teachers that delivered the program; to assess the acceptability of the Unplugged program from the perspective of those involved in the process; to analyze the perception of teachers, students and school administrators about the implantation of the Unplugged program to understand the difficulties, facilities and capabilities of the program. Methods: Mixed methods were used in this process evaluation study. The program was implemented in 8 public schools in three Brazilian cities and delivered in 62 classes by 36 teachers to 1833 students from 6th to 9th grade, in 2013. In the quantitative phase, teachers filled out the fidelity check list (class by class) and students and teachers answered to the global satisfaction questionnaires after classroom program implementation. Qualitative data were collected through focus groups with semi-structured guide, categorized into five areas: Previous experience with prevention; joints; Implantation; Immediate results and future of the project, considering the aspects of fidelity, acceptability and feasibility of the program. The focus groups were conducted at the end of the implantation process. 14 focus groups were conducted with 100 subjects among teachers, stakeholders, school managers, coaches and students. Results: The program was delivered in appropriate proportions in schools and have been completed -12 lessons - in 94% of classes. Teachers realize an enrichment of their teaching skills with the application of Unplugged. We identified a good interaction and relationship between students and teachers. Teachers described most of the difficulties encountered in the process of program implantation. There was great emphasis on the lack of time to devote to the program, from the preparation of lessons to the application of them. Teachers and managers pointed out the importance of including the program in political-pedagogical project of the school. Most of students (77.9%) were satisfied or very satisfied with the program and suggested continuity (76.5%) in the next school year. The training of teachers to work with the methodology in the classroom and the dialogue between the coaches, stakeholders and the school staff appeared as an important aspect of the program implantation. Conclusions: According to the results, Unplugged is a program feasible to be implanted and expanded in Brazilian schools. However, to ensure continuity without compromising the academic curriculum content it will require logistical and process changes in the school environment. The study results helped to identify critical operational aspects, as well as the opportunities, difficulties and facilities to support the prevention of drug use as a public policy.

Objetivo: Avaliar o processo de implantação do Programa de Prevenção ao Uso de Drogas Unplugged em escolas do ensino fundamental II (6º ao 9º ano) de Florianópolis (SC), São Paulo e São Bernardo do Campo (SP); analisar a fidelidade de implantação do Programa Unplugged de acordo com o registro de professores aplicadores do programa; avaliar a aceitabilidade do Programa Unplugged a partir da ótica dos envolvidos no processo; analisar a percepção de professores, alunos e gestores escolares sobre a implantação do Programa Unplugged para compreensão das dificuldades, facilidades e potencialidades do programa. Métodos: Através de métodos mistos de pesquisa fez-se um estudo de avaliação de processo de implantação do Programa Unplugged de prevenção ao uso de drogas. O programa foi aplicado em 8 escolas públicas de 3 cidades brasileiras e participaram 62 turmas, 36 professores e 1833 estudantes do 6º a 9º ano, no ano de 2013. Na fase quantitativa, os professores preencheram os formulários de fidelidade (aula a aula) e os alunos e professores responderam aos questionários de satisfação global após aplicação do programa em sala de aula. Os dados qualitativos foram coletados através dos grupos focais com roteiro semiestruturado, categorizados em 5 eixos: Experiência anterior com prevenção; Articulações; Implantação; Resultados imediatos e Futuro do Projeto, considerando-se os aspectos de fidelidade, aceitabilidade e viabilidade do programa. Os grupos focais foram realizados ao final do processo de implantação. Foram realizados 14 grupos focais com 100 sujeitos entre professores, gestores políticos, gestores escolares, multiplicadoras e estudantes. Resultados: O programa foi implantado em proporções adequadas nas escolas, tendo sido completado -12 aulas dadas- em 94% das turmas. Os professores avaliaram seu enriquecimento das habilidades de ensino com a aplicação do Unplugged. Identificou-se uma boa interação e relação entre estudantes e professores. A maior parte das dificuldades encontradas no processo de implantação do programa foi descrita pelos professores. Houve grande destaque para a falta de tempo para se dedicar ao programa, desde a preparação das aulas, como a aplicação das mesmas. Os professores e gestores apontaram a importância de incluir o programa no projeto-político pedagógico na escola. A maioria (77,9%) dos estudantes ficou satisfeita ou muito satisfeita com o programa e sugeriu continuidade (76,5%) no ano letivo seguinte. A formação dos professores para trabalhar com a metodologia em sala de aula e a interlocução entre as multiplicadoras, gestão local e a escola apareceu como um aspecto importante implantação do Programa. Conclusões: O Unplugged é um programa viável para expansão de implantação nas escolas brasileiras de acordo com os resultados. No entanto, para garantir continuidade no currículo escolar sem comprometer o conteúdo acadêmico, serão necessárias alterações de logísticas e de processo de trabalho no ambiente escolar. O resultado da pesquisa contribuiu para identificar aspectos operacionais críticos, bem como as potencialidades, dificuldades e facilidades para a sustentação do na prevenção ao uso de drogas como uma política pública.
Assunto process evaluation
Unplugged Program
Prevention of drug use
Adolescence
School
Avaliação de Processo
Programa Unplugged
Prevenção ao uso de Drogas
Adolescente
Escola
Saúde Coletiva
Idioma Português
Financiador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data 2016-04-19
Publicado em MEDEIROS, Pollyanna Fausta Pimentel de. Avaliação do processo de implantação do programa Unplugged de Prevenção ao Uso de Drogas em escolas de São Paulo e Santa Catarina. 2016. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), 2016.
Linha de pesquisa Epidemiologia do uso de drogas
Área de concentração Epidemiologia
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 166 p.
Fonte https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3803782
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/11600/41877

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: 2016-0017.pdf
Tamanho: 4.028Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)