O cuidado aos imigrantes bolivianos e às bolivianas no contexto da atenção primária à saúde: uma aproximação etnográfica

O cuidado aos imigrantes bolivianos e às bolivianas no contexto da atenção primária à saúde: uma aproximação etnográfica

Autor Foster, Nana Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Silveira, Cassio Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Saúde Coletiva – EPM
Resumo The increase of the international migration flow within the metropolitan region of São Paulo has required a rearrangement of health care policies and practices concerning the guarantee of access of different immigration groups to services, bearing in mind the motivation people have to migrate, their personal and collective trajectories and their adaptation process in a new country. This ethnographic-based research was developed from the observation of the everyday work of the team named Estratégia Saúde da Família – ESF (in English, Family Health Strategy) within the context of primary health care in the central area of the city of São Paulo. The objective was to observe health care practices applied to Bolivian immigrants who live and work in the territory of practice of this service. Some researches make possible inferring about the guarantee of access to public health services and the continuity of health care, which has as important mediator the ESF team, especially the work of Community Health Care Agents (Portuguese acronym, ACS). Therefore, the following questions have conducted this investigation: how is this health service structured in order to serve the needs of immigrants? Which strategies and actions has this services aimed at? What is the perception of health professionals about the Bolivian men and women they check up on? Which are the main health problems identified by those professionals? At last, it has been considered that the convergence of different sociocultural perspectives, represented by distinct health conceptions and practices of immigrant groups, could dialog more with the approaches adopted by primary health care, despite acknowledging the decrease of iniquities through the interventions promoted by public health in general, and by ESF in particular.

O aumento do fluxo migratório internacional na Região Metropolitana de São Paulo tem exigido uma reconfiguração das políticas e práticas de assistência em saúde no que diz respeito à garantia do acesso dos diferentes grupos de imigrantes aos serviços, considerando a motivação das pessoas para migrarem, suas trajetórias singulares e coletivas e o processo de adaptação a um novo país. Esta pesquisa de base etnográfica foi desenvolvida a partir da observação do cotidiano de trabalho da equipe Estratégia Saúde da Família (ESF) no contexto de um serviço de atenção primária à saúde na área central da cidade de São Paulo. O objetivo foi observar as ações de cuidado realizadas junto aos imigrantes bolivianos e bolivianas, que vivem e trabalham no território de atuação deste serviço. Alguns trabalhos já realizados nos permitem inferir sobre a garantia de acesso aos serviços públicos de saúde e a continuidade do cuidado que têm como importante mediadora a atuação da equipe ESF, em especial a atuação dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS). Com isso, lançamos as seguintes perguntas que direcionaram nossa investigação: como este serviço de saúde está estruturado para atender as necessidades dos imigrantes? Quais estratégias e ações este serviço tem buscado? Qual a percepção dos profissionais de saúde sobre os bolivianos e bolivianas que acompanham? Quais os principais problemas de saúde identificados pelos profissionais? Por fim, consideramos que a confluência de perspectivas socioculturais distintas, representadas por diferentes concepções e práticas em saúde dos grupos de imigrantes, poderiam dialogar mais com as abordagens implantadas pela atenção primária à saúde, ainda que seja reconhecida a diminuição das iniquidades com as intervenções promovidas pela saúde pública em geral, e pela ESF, em particular.
Assunto Immigration
Primary Health Care
Family Health Strategy
Imigração
Atenção Primária à Saúde
Estratégia Saúde da Família
Bolivianos e Bolivianas
Saúde Coletiva
Idioma Português
Data 2017-06-29
Publicado em FOSTER, Nana Silva. O cuidado aos imigrantes bolivianos e às bolivianas no contexto da atenção primária à saúde: uma aproximação etnográfica. 2017. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), 2017.
Linha de pesquisa Corpo, saúde e doença
Área de concentração Ciências Sociais e Humanas em Saúde
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 116 p.
Fonte https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5147562
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/11600/41852

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)