Fatores influenciadores do uso do prontuário eletrônico do paciente: análise da percepção dos profissionais médicos na Santa Casa de Misericórdia de Santos.

Exibir registro simples

dc.contributor.advisor Zucchi, Paola [UNIFESP]
dc.contributor.author Rago, Cesar Augusto Pascali [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2018-01-18T16:12:27Z
dc.date.available 2018-01-18T16:12:27Z
dc.date.issued 2016-08-02
dc.identifier.citation RAGO, Cesar Augusto Pascali. Fatores influenciadores do uso do prontuário eletrônico do paciente: Análise da percepção dos profissionais médicos na Santa Casa de Misericórdia de Santos. 2016. 119 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2016.
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/11600/41556
dc.description.abstract OBJETIVO: Este trabalho tem por objetivo analisar a influência de fatores pessoais como: Idade, Gênero, Tempo de Formação e de Atuação e Grau de Familiaridade com Informática, assim como fatores conjunturais, como: Obrigatoriedade de Uso, Vínculo Profissional com a instituição, Tempo de Treinamento recebido, Instrutores responsáveis e Preparação Acadêmica, na percepção dos médicos em relação ao uso do prontuário eletrônico do paciente – PEP, tendo como base teórica os atributos de duas teorias que tratam de receptividade à inovações: Difusão de Inovações e Modelo de Aceitação de Tecnologia. MÉTODOS: Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com profissionais de nível estratégico e aplicados questionários a 480 médicos, cujo retorno foi de 246 respostas, das quais 221 válidas para o estudo. RESULTADOS: Considerando que, quanto maior a percepção dos atributos das teorias escolhidas, maior a tendência à adoção do PEP, os resultados indicaram que os mais jovens e os mais novos na profissão e na instituição tem maior percepção desses atributos, assim como os que tem maior familiaridade com informática e os que começaram a usar o sistema voluntariamente. Observou-se ainda baixa influência da quantidade de sessões de treinamento, ao contrário do que se observou com relação ao treinamento dado pela equipe interna, que proporcionou melhor percepção de Compatibilidade e Observabilidade. O Vínculo Profissional também foi destaque, observando-se que residentes e contratados tem maior percepção dos atributos que os funcionários. Quanto aos fatores dificultadores encontrados, foram destaque: lentidão para digitação e localização de informações, instabilidade do sistema, falta de treinamento, cadastros incompletos e a exigência de maior tempo para atendimento. CONCLUSÕES: A implantação do prontuário eletrônico é considerada pelos médicos como um processo irreversível e estes profissionais estão se adaptando a seu uso com maior ou menor dificuldade. Quanto maior a percepção que estes profissionais tiverem dos quesitos Vantagem Relativa, (alta) Compatibilidade, (baixa) Complexidade, Experimentação e Observabilidade, assim como Facilidade de Uso e Utilidade, mais rápida será sua adesão aos sistemas de PEP. pt
dc.description.abstract OBJECTIVE : This study aims to analyze the influence of personal factors such as: age, gender, length of schooling and professional seniority , as well as conjunctural fa ctors such as: mandatory usage, amount of training received , length of professional ties with the institution , instructors in charge and academic preparation , in the physicians' perception regarding the use of Electronic Medical Record - EMR, having as a t heoretical basis the attributes of two theories about receptivity to innovations: Diffusion of Innovations and Technology Acceptance Model. METHODS : Semi - structured interviews were performed with strategic level professionals and a questionnaire was presen ted to 480 physicians, with a response of 246 answered questionnaires, of which 221 were deemed valid for the study. RESULTS : Considering that, the greater the perception of the attributes of the chosen theories, the greater the tendency to adopt EMR, the results indicated that younger and newer to the profession and the institution has greater awareness of these attributes, as well as those who have greater familiarity with informatics and those who started to use the system voluntarily. Furthermore, t here was low influence of the amount of training sessions, as opposed to what is seen regarding training performed by the internal team, which gave a better perception of compatibility and observability. The professional ties with institution was also highligh ted, noting that residents and contract or physicians showed greater perception of attributes than the hired ones. Regarding the hindering factors, were notable: slowness in data entry and retrieval of information, system instability, lack of training, inco mplete profiles and the requirement of more time for the consultation. CONCLUSION : The implementation of Electronic Medical Record is considered by the medical doctors as an irreversible process and these professionals are adapting to its use with variable levels of difficulty. The higher the perception these professionals had o f the items relative advantage, (high) compatibility, (low) complexity, trialability and observability, as well, as ease of use and utility, the faster will be their commitment to EM R systems. en
dc.description.sponsorship Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extent 119 p.
dc.language.iso por pt
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt
dc.rights Acesso aberto pt
dc.subject Sistemas computadorizados de registros médicos pt
dc.subject Percepção pt
dc.subject Difusão de inovações pt
dc.subject Atitude frente aos computadores pt
dc.subject Atitude do pessoal de saúde pt
dc.title Fatores influenciadores do uso do prontuário eletrônico do paciente: análise da percepção dos profissionais médicos na Santa Casa de Misericórdia de Santos. pt
dc.title.alternative Influencing factors on electronic health record use: analysis of physicians perception at Santa Casa de Misericórdia de Santos pt
dc.type Dissertação de mestrado pt
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt
unifesp.campus São Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM) pt
unifesp.graduateProgram Gestão e informática em saúde - São Paulo pt



Arquivo

Nome: Cesar Augusto Pascali Rago.pdf
Tamanho: 3.429MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Exibir registro simples

Buscar


Navegar

Minha conta