Morfometria baseada em voxel e medidas de espessura cortical de pacientes com Doença de Alzheimer: correlações com perdas funcionais, sintomas neuropsiquiátricos e disfunções executivas

Morfometria baseada em voxel e medidas de espessura cortical de pacientes com Doença de Alzheimer: correlações com perdas funcionais, sintomas neuropsiquiátricos e disfunções executivas

Título alternativo Voxel-based morphometry and cortical thickness measurement of Alzheimer’s disease patients: disability, neuropsychiatric symptoms, and executive dysfunction correlations.
Autor Vasconcelos, Luciano de Gois Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Bueno, Orlando Francisco Amodeo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo [UNIFESP]
Pós-graduação Psicobiologia – São Paulo
Resumo Morfometria baseada em voxel e medidas de espessura cortical de pacientes com Doença de Alzheimer: correlações com perdas funcionais, sintomas neuropsiquiátricos e disfunções executivas. OBJETIVO: Estabelecer se as perdas funcionais e as alterações comportamentais correlacionam-se com o volume global e regional da substância cinzenta e se as disfunções executivas associam-se ao volume e espessura cortical de estruturas cerebrais. MÉTODOS: Pacientes com Doença de Alzheimer e idosos controles foram submetidos ao exame de Ressonância Magnética de crânio e a uma completa avaliação cognitiva, funcional e comportamental. Um modelo de regressão múltipla foi aplicado para avaliar as possíveis correlações entre as medidas volumétricas obtidas a partir da análise por morfometria baseada em voxel (VBM), alterações comportamentais e perdas funcionais. Uma avaliação multiparamétrica através do programa FreeSurfer forneceu o volume e espessura cortical e determinou as possíveis correlações entre as disfunções executivas e as estruturas cerebrais. RESULTADOS: A análise por VBM observou correlação negativa entre o volume do giro frontal médio bilateralmente, do giro orbitofrontal direito, do giro temporal inferior esquerdo e dos escores do Inventário Neuropsiquiátrico. Observou-se também correlação negativa entre o volume bilateral do giro fusiforme, do hipocampo esquerdo, dos giros temporais médios bilateralmente e do Questionário de Atividades Funcionais. Observou-se ainda correlação positiva entre os volumes da amigdala direita, do giro fusiforme bilateral, da insula anterior direita, do giro temporal superior direito, do giro temporal médio bilateralmente, do giro temporal inferior esquerdo e dos escores da Escala de Avaliação de Incapacidade em Demência. A avaliação através do FreeSurfer mostrou correlação negativa entre a Bateria de Avaliação Comportamental da Síndrome Disexecutiva (subteste das cartas) e o giro frontal médio direito; correlação positiva entre o teste motor de função executiva e o giro parietal superior esquerdo, o giro temporal médio esquerdo, giros supramarginais bilateralmente, o giro frontal médio direito e o precuneo direito; correlação negativa entre o Teste de Stroop Parte III, o giro parietal superior direito e o giro temporal médio direito. CONCLUSÕES: Sugere-se que, nos pacientes com Doença de Alzheimer leve, as alterações comportamentais estão associadas principalmente às reduções volumétricas frontais, e as perdas funcionais às alterações temporais. As disfunções executivas associam-se às reduções da espessura cortical de estruturas frontais e áreas temporais e parietais.
Palavra-chave Doença de Alzheimer / diagnóstico
Imagem por ressonância Magnética
Incapacidade
Transtornos mentais
Cognição
Função executiva
Idioma Português
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Número do financiamento FAPESP: 2008/11282-9
Data de publicação 2012
Publicado em VASCONCELOS, Luciano de Gois. Morfometria baseada em voxel e medidas de espessura cortical de pacientes com Doença de Alzheimer: correlações com perdas funcionais, sintomas neuropsiquiátricos e disfunções executivas. 63 f. 2012. Tese (doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2012.
Publicador Universidade Federal de São Paulo [UNIFESP]
Extensão 63 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://hdl.handle.net/11600/41283

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-41283.pdf
Tamanho: 582.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta