A desterritorialização em Os passos perdidos de Alejo Carpentier

A desterritorialização em Os passos perdidos de Alejo Carpentier

Autor Barbieri, Marcia Benedita Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Fornazari, Sandro Kobol Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Filosofia - Guarulhos
Resumo O objeto desse estudo são as aproximações, as ressonâncias entre as obras Os passos perdidos de Alejo Carpentier e o projeto filosófico de Gilles Deleuze e Félix Guattari. Nosso objetivo não será encontrar pontos de influência, mas movimentos de deslocamento, linhas de fuga, desterritorializações que percorrem a obra carpentiana em questão. O deslocamento será essencial para que o narrador de Os passos perdidos comece uma desterritorialização, a qual passará pelo desejo de desorganizar o próprio corpo e atravessará toda a estrutura narrativa. Tentamos compreender como essas desterritorializações atravessam a escritura de Os passos perdidos em três frentes: a desterritorialização da escritura ou literatura menor, a desterritorialização da vida e a desterritorialização dos corpos ou a criação de um CsO

L'objet de cette étude sont des approximations, les résonances entre les œuvres Les pas perdus par Alejo Carpentier et le projet philosophique de Gilles Deleuze et Félix Guattari. Notre but n'est pas de trouver des points de levier, mais les mouvements qui traversent des lignes de fuite, déterritorialisations courir travaux de l’œuvre de Carpentier en question. Le changement sera essentielle si le narrateur de Les pas perdus réaliser une déterritorialisation, qui passera par la volonté de perturber le corps luimême et traversera par toute la structure narrative. Nous essayons de comprendre comment ces déterritorialisations traversent l'écriture de Les pas perdus sur trois fronts: le déplacement de l’écriture ou de la littérature mineure, la déterritorialisation de la vie et la déterritorialisation des organes ou la création d'un CsO.
Assunto Filosofia
Literatura
Desterritorialização
Philosophie
Littérature
Déterritorialisation
Idioma Português
Data 2015-04
Publicado em BARBIERI, Marcia Benedita. A desterritorialização em Os passos perdidos de Alejo Carpentier. 2015. 111 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Guarulhos, 2015.
Área de concentração Filosofia
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 111 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/39248

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Publico-39248.pdf
Tamanho: 760.0Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)