Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20262
Title: Nicotina no retalho musculocutâneo transverso do músculo reto do abdome, em ratos
Other Titles: Nicotine on the transverse rectus abdominis musculocutaneous flap (TRAM flap), in rats
Authors: Ferreira, Lydia Masako [UNIFESP]
Ely, Pedro Bins [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo [UNIFESP]
Keywords: Retalhos cirúrgicos
Nicotina
Reto do abdome
Ratos
Cirurgia plástica
Issue Date: 2004
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: São Paulo: [s.n.], 2004. 104 p.
Abstract: Introdução: O retalho musculocutâneo transverso do músculo reto do abdome (TRAM é uma das principais opções na reconstrução do relevo mamário pós-mastectomia. A nicotina tem efeito deletério na viabilidade de retalhos cutâneos; porém, não foram encontrados trabalhos experimentais comprovando este efeito em retalhos musculocutâneos. Objetivo: Investigar o efeito da nicotina na viabilidade do retalho TRAM, em ratos. Métodos: Foram utilizados 30 ratos da linhagem Wistar EPM-1. Os animais foram distribuídos aleatoriamente em dois grupos: controle e experimento. Os animais do grupo controle foram tratados com solução salina injetada no tecido celular subcutâneo num volume de 0,2 ml, duas vezes ao dia, durante 28 dias no período pré-operatório. Os animais do grupo experimento foram tratados com nicotina injetada no tecido celular subcutâneo em uma dose de 2 mg/kg/2 vezes ao dia, durante 28 dias no período pré-operatório. Todos os animais foram submetidos ao procedimento do retalho TRAM de base caudal unilateral à direita (pedículo não dominante). 48 horas depois, foi feita a avaliação da área viável de superficie do retalho, por documentação fotográfica e coletadas amostras de pele para dosagens bioquímicas do malondialdeído (MDA). Para análise dos resultados foram utilizados testes não paramétricos: MANNWHITNEY, WILCOXON e Análise de Variância de FRIEDMAN. Resultados: O grupo experimento apresentou uma área de necrose maior, quando comparado com o grupo controle, com significância estatística (p<0,001). Entre os dois grupos não houve diferença nas medidas do MDA. Conclusão: A nicotina aumentou a área de necrose do retalho musculocutâneo transverso do músculo reto do abdome, em ratos.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20262
Appears in Collections:Tese de doutorado

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.