Influência dos glicocorticóides sobre o eixo somatotrófico

Influência dos glicocorticóides sobre o eixo somatotrófico

Título alternativo Influence of glucocorticoids on the somatotrophic axis
Autor Correa-Silva, Silvia Regina Autor UNIFESP Google Scholar
Lengyel, Ana Maria Judith Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo GH secretion is modulated by a complex interplay between two hypothalamic factors, GHRH (growth hormone-releasing hormone) and somatostatin (SRIF). More recently, a third physiological mechanism mediated by GHS (growth hormone secretagogues) and its endogenous counterpart, ghrelin, has been discovered. Glucocorticoids (GCs) influence GH secretion acting at several levels, although the mechanisms involved in its multiple actions are not fully elucidated. Moreover, these steroids have stimulatory or inhibitory effects on GH release depending on the experimental model, duration of exposure, dose, type and route of administration, among other factors. Although controversial, acute GCs administration enhances GH secretion in man. However, when given for longer periods (months or years), it inhibits GH release. The effects of these steroids on IGF-1 and IGFBPs are quite controversial.

A secreção de hormônio de crescimento (growth hormone, GH) é modulada por uma interação complexa entre dois fatores hipotalâmicos: o hormônio liberador do GH (GH-releasing hormone, GHRH) e a somatostatina (SRIF). Recentemente foi sugerida a existência de uma terceira via fisiológica de regulação deste hormônio, mediada pelos GHS (growth hormone secretagogues) e provavelmente pelo peptídeo endógeno, ghrelina. Os glicocorticóides (GCs) influenciam a secreção de GH atuando em diversos níveis, apesar dos mecanismos envolvidos nessas múltiplas ações não estarem totalmente elucidados. Além disso, esses esteróides têm efeitos estimulatórios ou inibitórios na liberação de GH, dependendo do modelo experimental, duração da exposição, dose, tipo e via de administração, entre outros. Embora controvertida, a administração aguda de GCs aumenta a secreção de GH em humanos. No entanto, quando presente em níveis suprafisiológicos por períodos mais longos (meses ou anos), os GCs inibem a liberação de GH. O efeito desses esteróides na IGF-1 e IGFBPs são bastante controvertidos.
Assunto GH
Glucocorticoids
GHRH
GHRP-6
Ghrelin
GH
Glicocorticóides
GHRH
GHRP-6
Ghrelina
Idioma Português
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Data 2003-08-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, v. 47, n. 4, p. 388-397, 2003.
ISSN 0004-2730 (Sherpa/Romeo)
Editor Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Extensão 388-397
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302003000400011
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27302003000400011 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1818

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0004-27302003000400011.pdf
Tamanho: 118.4Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)